Encontre o Melhor Empréstimo Pessoal do Brasil

Faça a sua consulta agora

Deixe seu comentário sobre BomPraCrédito

Conte-nos sua experiência e como eles o trataram nesta empresa.

Por favor, escreva críticas construtivas para ajudar outras pessoas a escolher melhor. Comentários inapropriados não serão publicados.
...

Comentários sobre
BomPraCrédito

(451 comentários / 4.7 estrelas de 5)

See more

Como Funciona o Empréstimo Pessoal? Calcule o seu Limite

Se você está precisando de um empréstimo rápido e com poucos requerimentos, vai encontrar diferentes opções de Empréstimo Pessoal no mercado que se ajustam às suas condições e necessidades. Veja a seguir como funciona um Empréstimo Pessoal, como fazê-lo e tudo que você precisa para poder escolher qual é o melhor. 

O que é empréstimo? 

O empréstimo é uma operação pela qual qualquer instituição financeira concede um valor de dinheiro que deve ser devolvido em um prazo determinado e acrescido com juros. Falar de empréstimo e de crédito, em geral, se refere a mesma coisa, porém algumas instituições preferem usar a palavra crédito para se referir a operações que envolvam altos valores ou para operações relacionadas ao cartão de crédito. 

O que é empréstimo bancário? Se refere aos empréstimos oferecidos especificamente pelos bancos. Como você sabe hoje em dia não são as únicas instituições que podem realizar este tipo de operação, também as financeiras, grandes lojas, cooperativas e fintechs podem oferecer empréstimos. Porém, todas elas devem estar autorizadas pelo Banco Central para poder operar legalmente.

Assim como existem diferentes instituições que oferecem empréstimos, também existem diferentes tipos de empréstimos. Cada um pensado para satisfazer as necessidades específicas dos clientes pessoa física e jurídica. Assim você encontra empréstimos pessoais, empréstimos consignados, empréstimos para reforma e construção, empréstimos para viajar, etc. 

Na categoria de Empréstimo Pessoal se incluem diferentes opções de crédito. Eles estão destinados a Pessoas Físicas, alguns ficam pré aprovado na conta corrente e outros requerem alguns passos para poder obter o dinheiro, porém são poucos os requerimentos e a aprovação é rápida. Veja a seguir. 

 Como posso conseguir um empréstimo pessoal?

As linhas de Crédito Pessoal são as mais fáceis de obter porque têm poucos requerimentos, não é preciso indicar qual será o uso do valor solicitado e o dinheiro é liberado rapidamente. Isso também acarreta interesses e encargos maiores.

Se você tem uma conta bancária, entre em contato com seu gerente e consulte quais são as opções que o banco tem para te oferecer. Também pode utilizar nosso simulador para encontrar propostas de empréstimos de outras instituições financeiras.

Como faço para conseguir dinheiro emprestado? Você pode conseguir o dinheiro que precisa com um familiar, um amigo, agiotas, bancos, financeiras, cooperativas e fintechs. O conveniente é procurar sempre a via legal. Isto é, instituições financeiras que estão autorizadas pelo Banco Central para oferecer empréstimos. Porém depende da sua situação, por exemplo, muitos bancos não fazem empréstimos para negativado, se essa é sua situação terá que consultar em diversas instituições para encontrar a melhor oferta. 

O que é necessário para conseguir um empréstimo?

O que é preciso para fazer um empréstimo no banco? Primeiro faça algumas simulações para conhecer as condições de financiamento dos bancos, financeiras e demais instituições e para avaliar e escolher a proposta mais vantajosa para você e para seu bolso. 

O que é necessário para fazer um empréstimo no banco? Cada banco têm requerimentos específicos para conceder empréstimos, por exemplo, alguns exigem que seja correntistas, específicamente com conta corrente e com alguns meses como cliente; outros não têm esse tipo de exigência. Se você escolheu um determinado banco, consulte os requerimentos específicos, aqui no nosso site você encontra a informação específica de cada banco neste quesito. 

Quais são os documentos necessários para fazer um empréstimo? A documentação depende do tipo de empréstimo que você solicite. Se for um empréstimo pré-aprovado não é necessário apresentar nada. Mas para outros empréstimos é preciso apresentar:

·       Documento de Identidade / CPF.

·       Comprovante de renda.

·       Comprovante de residência (conta de luz, água, etc).

·       Se você for fazer empréstimos com garantia ou aval, outros documentos serão solicitados.

Quem pode fazer um Empréstimo para Pessoa Física?

As grandes linhas de crédito que oferecem os bancos são Empréstimos para Pessoa Física e Crédito para Pessoa Jurídica. Então, se você está fazendo um empréstimo para um micro-empreendimento ou para sua empresa é recomendável buscar dentro do segmento para Pessoa Jurídica porque as condições são melhores o os valores maiores. 

Os demais empréstimos, ou seja, para comprar uma casa, uma moto, para fazer uma cirurgia estética ou uma viagem, para pagar um curso ou a festa de casamento se fazem com linhas de Empréstimos para Pessoa Física. 

Qualquer pessoa pode solicitar um empréstimo, porém as instituições financeiras estabelecem suas condições como:

·       Ser associado em caso de cooperativas ou correntista em caso de bancos.

·       Não estar negativado.

·       Ter um bom histórico de relações com a instituição,

·       Ter a autorização do INSS em caso de Consignados para aposentados e pensionistas,

·       Ter convênio entre o empregador e o banco para obter um Consignado Privado ou Público, etc.

Qual é a idade mínima para fazer um empréstimo?

Para poder solicitar e obter um empréstimo um dos requerimentos é a idade. É preciso ter 18 anos ou mais para poder fazer um empréstimo, além de cumprir com os demais requerimentos da instituição financeira onde quer fazer a contratação. 

Qual a idade máxima para fazer empréstimo?

Se bem não existe nenhuma lei que determine qual é o limite de idade para financiamentos ou empréstimos, bancos e demais instituições evitam fazer empréstimos para maiores de idade. Cada banco tem estipulado uma idade diferente, por isso, se é este seu caso, é preciso pesquisar em várias instituições para encontrar um bom empréstimo. 

Isto é disposto pelo alto risco que representa fazer uma operação de crédito com pessoas em idade avançada. E pelo mesmo motivo, também não é oferecido seguro prestamista a maiores de 69 anos.

Tipos de Empréstimos Pessoais existentes e suas características

Quantos tipos de empréstimo existe? Não terminaríamos mais de listar todos os empréstimos que existem, porque cada instituição financeira, cumprindo com as leis, pode oferecer os tipos de empréstimos que quiser, e segundo porque encontramos muitos tipos de empréstimo com características diferentes. 

Cada banco tem uma quantidade diferentes de empréstimos, em alguns encontramos apenas três e em outros encontramos mais de 20 propostas, em termos gerais, agrupamos os seguintes tipos de empréstimos:

·       Empréstimos Consignados: para servidores públicos e privados e aposentados ou pensionistas do INSS. Se caracteriza pelo fato de que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento. Entre os Créditos Pessoais é o que oferece melhores condições de financiamento.

·       Cartão de Crédito: por meio do seu cartão você tem um valor disponível de dinheiro com o qual pode comprar diferentes bens e serviços.

·       Crédito Rotativo: sempre que você não pagar o valor total da fatura do seu cartão de crédito este empréstimo aparece para cobrir esse saldo, apresenta taxas altas y pode trazer grandes inconveniente, por isso convêm pagar o valor integral da fatura. 

·       Cheque Especial: é um empréstimo que está sempre disponível na sua conta corrente, e funciona da mesma forma que o crédito rotativo. 

·       Créditos Pessoais: aqui podemos enquadrar todos os outros tipos de empréstimos, aqueles para fazer uma viagem ou o dinheiro que você precisou de última hora para equilibrar suas contas. 

·       Financiamento: Créditos especiais para financiar a compra de bens de alto valor, como veículos, casas, terrenos, etc. ou também cursos, cirurgias, etc. 

·       Leasing: contrato pelo qual você utiliza um bem, paga as parcelas para o banco e ao final do contrato pode terminar de pagar esse bem e ficar como proprietário dele ou devolvê-lo ao banco. 

O que é uma linha de crédito?

Com o termo Linhas de Crédito se faz referência a o montante de dinheiro que uma instituição financeira disponibiliza para entregar como empréstimo. Ao falar de “Empréstimo Pessoal”, “Capital de giro” ou “Financiamento de veículos” entre outras estamos falando de linhas de crédito. 

As linhas de créditos são pensadas para satisfazer as necessidades de públicos específicos e também por isso, seus produtos (cada crédito específico) têm características similares.

Empréstimo em banco: como funciona?

Em geral o processo para obter um empréstimo em banco é sempre o mesmo. Porém cada instituição financeira pode ter requerimentos específicos e passos adicionais aos seguintes:

1.       Simulação e escolha do empréstimo. 

2.       Solicitação do empréstimo ao banco.

3.       Avaliação e aprovação do pedido.

4.       Liberação do dinheiro.

A simulação é feita para você poder escolher a melhor opção de empréstimo, levando em conta os custos e benefícios. Você pode usar qualquer simulador, se usar um simulador como o do Melhor Trato, pode encontrar as opções de diferentes bancos.

A fase de solicitação é obrigatória e a de avaliação não é necessária em todos os casos, depende do tipo de empréstimo solicitado. Você deve pedir ao banco o montante que precisa e o banco avalia sua situação e os riscos que a operação representa para ele. Se você está de acordo com a proposta, o dinheiro é liberado, de acordo com o estabelecido no contrato assinado. 

O que é a análise de crédito?

Análise de crédito e avaliação do pedido de empréstimo é a mesma coisa. É a parte do processo, pela qual o banco avalia todos os riscos da operação, para ver se é possível entregar o dinheiro que o cliente solicita e em quais situações. 

Por exemplo, muitos bancos só oferecem empréstimos ao seus clientes, porque com isso eles garantem conhecer o histórico de pagamentos do cliente, sem depender somente das informações do SPC ou SERASA. Além disso, ao conhecer as quantias que o cliente movimenta na sua conta analisam se é possível que o correntista possa cumprir com o pagamento da dívida. 

O que é aprovação de crédito?

Se o resultado da análise de crédito feita pelo banco for positivo, isto é, se o banco aceita te emprestar o dinheiro que você está solicitando, você consegue a aprovação de crédito. Em outras palavras, você cumpre com todas as condições o processo é aprovado. 

Em alguns casos o processo inteiro é feito de forma online: você solicita o dinheiro pelo seu Home Banking ou em um Caixa Eletrônico e aguarda a aprovação. Em outros casos, em geral se estiver solicitando financiamento ou crédito de altos valores, é preciso ir até sua agência. 

Quanto tempo demora para aprovar um empréstimo no banco?

Este processo de análise e aprovação em alguns casos se faz imediatamente, por exemplo no caso dos “Crédito na hora” (a primeira vez a aprovação é um pouco mais demorada).

Em outros casos pode demorar entre 24 e 48 horas, porque é preciso verificar que o cliente cumpre com os requerimentos. E no caso de financiamento de imóveis, pode demorar algumas semanas porque também se faz uma avaliação do imóvel. 

Quanto tempo leva para um empréstimo entrar na conta?

O tempo que demora para cair o empréstimo na conta depende do contrato feito (tipo de crédito) e da instituição financeira. Na maioria dos casos o dinheiro é liberado em poucas horas na conta corrente do cliente, após a aprovação. Em outros casos é preciso esperar o horário de atendimento do banco para poder retirar o dinheiro.

No caso dos financiamentos, a maioria das vezes, o dinheiro é enviado diretamente para a conta do vendedor. 

Como saber se tenho meu crédito aprovado?

Muitas vezes o dinheiro solicitado é diretamente liberado na conta do cliente após a aprovação para ser usado quando ele quiser. Depende o sistema do banco ou financeira, podem avisá-lo pelo app, por e-mail, mensagem ou nem avisar. 

O que é crédito pré-aprovado? Existe uma modalidade de crédito que fica sempre disponível na sua conta, você só deve solicitar ao seu banco a liberação do crédito a primeira vez e depois pode usar quando quiser. Neste caso o limite aprovado que você tem, pode ser consultado com um extrato ou pelo seu Home Banking. 

Como funciona o limite de Crédito Pessoal?

Ao falar de limite de Crédito Pessoal estamos fazendo referência ao valor máximo que você pode obter de um empréstimo, e para isso não existe um número fixo. O limite de crédito depende de diferentes fatores, entre eles o tipo de empréstimo solicitado, o histórico do cliente e das próprias condições da instituição financeira que irá liberar o dinheiro. 

Por exemplo: um Crédito Consignado tem o limite determinado por lei, o cliente não pode comprometer mais de em 30% do valor da renda para pagar as parcelas; uma pessoa negativada provavelmente não tenha um limite muito alto e, além disso, as taxas de juros são mais elevadas. 

Qual é o limite de empréstimo? A melhor forma de conhecer o limite de um empréstimo para você é fazer uma simulação. Lembre-se que se você tiver garantias ou avais os limites podem aumentar e as condições de empréstimo podem ser mais vantajosas. 

O que é retenção de empréstimo?

No âmbito dos empréstimos se fala de “Empréstimo por Retenção” que é o outro nome do famoso Empréstimo Consignado. Se chama assim pelo fato de que o cliente que faz este tipo de empréstimo não recebe uma parte do seu salário. Essa parte que não recebe é equivalente ao valor das parcelas de quitação do crédito feito. Neste tipo de empréstimo é o empregador quem paga diretamente ao banco financiador.

Quando vale a pena fazer o empréstimo? 

Isso depende muito de cada pessoa, de quais são seus ingresso e de qual é o motivo pelo qual vai pedir um empréstimo. Há situações que é conveniente tirar um empréstimo, por exemplo, quem tem dívidas por usar o Cheque Especial ou com o Cartão de Crédito. 

Estes créditos são os que apresentam as maiores taxas de juros no mercado, nesse caso o empréstimo é uma boa opção porque você consegue pagar suas dívidas e obter uma nova dívida financiada em melhores condições. Então é conveniente, para a pessoa que está nessa situação, procurar um empréstimo com taxas menores e que permitam quitar totalmente as outras dívidas e ficar só com as parcelas do novo empréstimo.

Ao contrário, não vale a pena fazer um empréstimo bancário quando você simula e observa que as parcelas vão complicar seu orçamento. Nesse caso é conveniente fazer uma revisão da sua situação financeira e verificar se é possível fazer ajustes para assumir uma nova dívida sem ter problemas. 

Dicas para fazer um bom Empréstimo Pessoal

·       Conhecer sua situação atual: é fundamental conhecer sua situação atual e suas finanças para ver se pode fazer ajustes e assim não precisar contratar uma dívida ou se é possível solicitar um empréstimo por um valor mais baixo do que estava pensando. 

·       Simular empréstimos: provavelmente você tenha uma conta em um banco de confiança, porém ele não é a única opção no mercado, pesquise outras propostas e compare as vantagens e desvantagens de cada uma. 

·       Comparar sempre CET e não só Taxas de Juros: preste muita atenção às propagandas enganosas. Bancos e financeiras, além dos juros, cobram outros encargos administrativos. Por isso é importante calcular com o CET que inclui todos os valores que você pagará pelo empréstimo.

·       Informar-se em detalhe das condições de financiamento: depois de ter escolhidos as melhores opções, antes de contratar algum empréstimo verifique em detalhe as condições do contrato de empréstimo para evitar futuras surpresas. 

Como saber se uma empresa de empréstimo é confiável?

Assim como as pessoas, as empresas também falham e cometem erros, portanto não se deixe levar só pelos comentários negativos ou positivos que encontra no site do banco ou financeira que escolheu ou nos sites de reclamação.

A melhor forma de verificar que a instituição financeira que você escolheu para contratar um empréstimo é confiável é verificar no Banco Central se ela está autorizada a oferecer esse produto financeiro. 

Além disso a maioria dos bancos e financeiras disponibilizam modelos de contratos nos seus sites, indicam todas as regulamentações que segue cada serviço que oferece e também disponibilizam todo tipo de informação e formas de contato para tirar dúvidas. 

As indicações do BC para que as pessoas contratem empréstimos confiáveis é que não solicitam empréstimos ofertados em publicidades de jornal nem em WhatsApp ou qualquer outra rede social, e que não devem pagar nada para obter a liberação de um empréstimo. Se você vê alguma destas propostas evite-a!

O que é melhor empréstimo ou financiamento?

Se você está pensando em comprar uma casa, um terreno ou um novo veículo o mais recomendado é optar por uma opção de financiamento pelos seguintes motivos:

1.       No financiamento é preciso justificar o uso do dinheiro, isso faz com que a operação seja mais segura para o banco e consequentemente as condições sejam melhores que a do empréstimo. 

2.       Geralmente o bem que vai ser financiado serve como garantia da operação, o que torna a operação mais conveniente para todos.

3.       Os valores dos financiamentos são, em geral, maiores que os emprestados nos diferentes tipos de Crédito Pessoal.

Porém, os financiamentos têm algumas limitações, por exemplo: os bancos não oferecem todos os tipos. Por exemplo: o financiamento para a compra de imóveis e veículos é oferecido na maioria das instituições financeiras, porém um financiamento para fazer cursos universitários ou para intercâmbios, não é disponibilizado por todos. 

Para que serve o seguro do empréstimo?

Em geral as operações de empréstimos tem um “seguro crédito protegido” ou “seguro prestamista”, talvez para você pareça um gasto mais, porém em caso de invalidez permanente ou morte é muito útil. Assim como qualquer outro tipo de empréstimo, não existe um preço fixo do seguro do empréstimo. O valor que cada cliente paga depende do valor emprestado e de outras condições como o prazo para a quitação, idade do cliente, etc. Cada instituição financeira tem o seu próprio seguro e suas próprias condições. 

Ninguém contrata um seguro pensando que o pior vai acontecer, mas em caso de uma eventualidade que impida ao cliente continuar pagando sua dívida o seguro irá socorrer a família quitando a dívida restante do empréstimo. Neste ponto é importante considerar a contratação no caso de empréstimos de altos valores, como financiamentos de veículos.

Pode cancelar o seguro prestamista?

Sim, é possível cancelar o seguro prestamista. Este seguro é opcional na maioria dos empréstimos, e como você não têm a obrigação de contratar nenhum seguro pelo empréstimo pode cancelar o serviço se quiser ou considerar desnecessário. Mas no caso de financiamento de imóveis a contratação de um seguro de empréstimo é obrigatória. 

Se você não sabe se está pagando um seguro prestamista, é só solicitar ao seu banco um extrato com o detalhe dos valores cobrados na parcela. 

Tipos de amortização de empréstimos

Ao falar de amortização nos referimos a forma de quitação do empréstimo em parcelas. A amortização é o valor que sobra ao fazer um pagamento e subtrair o valor dos juros. Se você pagou R$ 100 e os juros eram de R$ 10, a amortização é de R$ 90.

No momento de fechar o contrato do empréstimo se deve estabelecer o tipo de taxa de juros (pré-fixada ou pós-fixada), o sistema de amortização e demais condições considerando o perfil do cliente e o tipo de empréstimo solicitado. 

Taxas:

·       Pré-fixada: aquela que é definida no contrato, com a taxa de juros determinada pelo banco. Garante ao cliente que todos os meses pague uma quantia determinada. 

·       Pós-fixada: não é definida no contrato, ao contrário, é determinada todos os meses dependendo de determinados índices (taxa referencial, IPCA, IGP-M). 

Sistemas de amortização:

·       Sistema de Amortização Constante (SAC) com taxas pós-fixada: o valor do empréstimo se divide de igual forma na quantidade de meses e os juros são decrescentes, isto é, nas primeiras parcelas você paga um valor mais alto que nas últimas. 

·       Sistema de Parcelas Fixas ou Sistema Francês (Tabela Price) com taxas pré-fixadas: é a forma comumente usada, pela qual você paga um valor fixo todos os meses, porém se você faz um análise de como está composta essa parcela verá que o valor de juros diminui na medida que você paga cada parcela e por tanto a amortização é mais rápida.

·       Sistema Americano: você só paga os juros durante o período de parcelamento, e na data da última parcela tem que pagar o valor emprestado. 

·       Pagamento Único: durante o período de financiamento você não paga nada, porém no momento em que termina o contrato você deve pagar o valor emprestado acrescido dos juros mensais desse período. 

O que significa renovação de crédito?

Por meio do processo de renovação de crédito você pode tomar outro empréstimo, do mesmo tipo e na mesma instituição financeira. Porém as condições de financiamento podem ser diferentes.

Em algumas instituições, como por exemplo o Banco do Brasil, você pode além de renovar seu empréstimo, fazer a unificação de outros empréstimos já contratados neste banco. Isto é criar uma parcela única que quitará toda sua dívida. 

Empréstimo bancário a curto prazo

Qual é o custo de um empréstimo a curto prazo? O cálculo do Custo Efetivo Total (CET) de um empréstimo não depende somente do prazo de financiamento, outros fatores como a quantidade emprestada, o sistema de pagamento escolhido, o histórico do cliente, entre outros vão condicionar a determinação do CET.

Em geral é conveniente ter um prazo curto para quitar a dívida porque as taxas de juros são menores. Porém se você tem um empréstimo feito a um determinado prazo e tem condições de adiantar o pagamento das parcelas, também convêm. Visto que por lei você tem o direito a uma redução proporcional dos juros. 

Empréstimo a curto prazo ou financiamento? Isso você deve avaliar, se for um bem de alto valor é recomendável optar por um financiamento porquanto às condições são mais vantajosas e em geral com juros fixos. Mas a decisão final deve ser sua, aproveite nosso simulador, que é gratuito e pode repetir as operações quantas vezes precisar para encontrar a melhor opção. 

Empréstimo bancário a longo prazo

Comumente os Empréstimos Pessoais não são a longo prazo. Por exemplo, um Crédito Consignado para Servidores Públicos pode ser feito em até 72 meses (6 anos) ou 96 meses (8 anos) dependendo da instituição. Este empréstimo é um dos mais longos dentro do segmento. Na maior parte dos casos não se oferece este período tão longo para a quitação de um Crédito Pessoal. 

Lembre-se que com um longo período para a quitação da dívida a soma do valor das taxas de juros e encargos se torna alto. Contudo, se você quer comprar um veículo ou uma casa talvez a melhor opção seja um financiamento e não um empréstimo pessoal. 

A escolha de um crédito não deve ser feita de qualquer jeito, é preciso dedicar um tempo ajustar o próprio planejamento financeiro, para conhecer propostas de créditos e avaliar o impacto da dívida no orçamento. Veja algumas dicas para escolher um bom empréstimo:

Como conseguir um empréstimo de alto valor?

Se você quer conseguir um empréstimo de alto valor leve em conta os seguintes detalhes:

·       Sempre que você solicitar um empréstimo para um determinado objetivo e que for possível justificar o uso do dinheiro as condições de financiamento são melhores.

·       Se você tem algum tipo de garantia que possa colocar para obter esse empréstimo, apresente. As condições de financiamento melhoram consideravelmente. 

·       Se é um empréstimo para sua empresa ou negócio consulte por créditos específicos para Pessoa Jurídica.

Não se esqueça de fazer sua simulação, quantas vezes for preciso, para poder escolher o melhor Empréstimo Pessoal e aproveite para ver outros artigos do site onde estão detalhados os empréstimos de cada banco.

© 2008 - 2020 oMelhorTrato.com® Todos os direitos reservados.