Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online

Créditos com a Menor Taxas de Juros do Brasil

Como Calcular Margem para Empréstimo Consignado? - Simulação

Você já ouviu falar sobre o empréstimo consignado? No empréstimo pessoal tradicional, quem pega dinheiro emprestado vai pagando mensalmente as parcelas, por meio de boletos ou do débito automático em conta. No caso do empréstimo consignado, o valor das parcelas é cobrado diretamente de alguma renda do cliente, podendo ser ou da própria folha de pagamentos ou de recebimento do aposentadoria.

Dessa forma, o empréstimo consignado acaba tendo como alvo trabalhadores CLT, servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS.

Justamente por conta da garantia que é oferecida ao banco, por meio o desconto das parcelas através de uma entrada (salário ou aposentadoria), o empréstimo consignado oferece menor risco à instituição financeira e consequentemente, acaba tendo taxas de juros mais baixas do que o empréstimo pessoal tradicional.

Neste artigo abordaremos os seguintes tópicos:
  1. Como calcular o empréstimo consignado?
  2. Simulador de empréstimo consignado
  3. Qual a taxa de juros do empréstimo consignado?
  4. Tabela de taxas do empréstimo consignado
  5. Qual o banco com a menor taxa de juros para empréstimo consignado?
  6. Flex Crédito Consignado é confiável?

Como calcular o Empréstimo Consignado?

Assim como as demais linhas de crédito, o empréstimo consignado também é uma operação que traz a matemática financeira nos cálculos. Basicamente tem-se o valor a ser emprestado (C), a taxa de juros (i) e o número de parcelas (n). Com estas variáveis é possível calcular o quanto será pago de juros:


J = C [(1 + i)^n – 1]


Caso você queira descobrir o quanto pagará ao todo no empréstimo, basta somar o juros (J) com o valor emprestado (J).

Para fazer este cálculo, você pode utilizar calculadoras financeiras ou o Excel.

Simulador de empréstimo consignado

 A pesquisa das opções de empréstimo consignado é uma etapa muito importante antes de tomar qualquer decisão. Para facilitar a vida, os simuladores de empréstimo acabam possibilitando que o usuário por meio de uma única plataforma tenha uma comparação inicial das instituições financeiras que oferecem esta modalidade de crédito.

A partir de simuladores é possível fazer esta pesquisa. Basta informar o valor a ser emprestado e o prazo para pagamento que serão mostradas as opções de empréstimo pessoal (com e sem consignação).

Por exemplo, digamos que alguém queria um empréstimo de R$ 5.000. Digamos que essa pessoa seja CLT e tenha um salário de R$ 10.000, logo, a opção via empréstimo consignado é possível. Numa simulação, foi possível encontrar algumas opções para esta necessidade:

  • Opção 1: Parcela estimada de R$ 419, em 12 meses. Valor total: R$ 5.028.
  • Opção 2: Parcela estimada de R$ 210, em 24 meses. Valor total: R$ 5.040.
  • Opção 3: Parcela estimada de R$ 141, em 36 meses. Valor total: R$ 5.076.
  • Opção 4: Parcela estimada de R$ 106, em 48 meses. Valor total: R$ 5.088.
  • Opção 5: Parcela estimada de R$ 85, em 60 meses. Valor total: R$ 5.100.

Repare duas coisas. A primeira é que conforme aumenta-se o prazo, o valor da parcela cai. Já o segundo ponto mostra que, ao mesmo tempo, com o aumento do prazo, por conta dos juros, o valor pago no total aumenta.

Qual a taxa de juros do empréstimo consignado?

 A taxa de juros do empréstimo consignado acaba variando entre as instituições financeiras e também em função do score do tomador. O score mais alto mostra uma boa reputação da pessoa, portanto acaba resultando em taxas de juros mais baixas. Em contrapartida, score mais baixo aumenta o risco da pessoa junto à instituição financeira, o que faz a taxa de juros ser mais alta.

Tabela de taxas do empréstimo consignado

Para exemplificar o empréstimo consignado, digamos que uma pessoa esteja em busca de empréstimo de R$ 10.000. E, como comparação, foram avaliadas as opções em duas diferentes instituições financeiras, tanto do empréstimo pessoal tradicional quanto do empréstimo consignado, para diferentes prazos.

Para um prazo de 12 meses, temos:


Banco A - Pessoal
Banco A - Consignado
Taxa de Juros
4% 1%
Juros R$ 3.005,16 R$ 634,13
Valor Total a ser pago R$ 13.005,16 R$ 10.634,13

Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online

Deixe seu comentário sobre BomPraCrédito

Conte-nos sua experiência e como eles o trataram nesta empresa.

Por favor, escreva críticas construtivas para ajudar outras pessoas a escolher melhor. Comentários inapropriados não serão publicados.
...

Comentários sobre
BomPraCrédito

(451 comentários / 4.7 estrelas de 5)

See more

Repare como o empréstimo consignado traz uma economia bem mais interessante comparado ao empréstimo pessoal, por conta da taxa de juros mais baixa.

Agora, para um prazo de 24 meses, temos:

Banco A - Pessoal
Banco A - Consignado
Taxa de Juros
4% 1%
Juros R$ 7.816,52 R$ 1.348,67
Valor Total a ser pago R$ 17.816,52 R$ 11.348,67

Ou seja, percebe-se que com o aumento do prazo paga-se mais por conta do efeito dos juros compostos.

Qual o banco com a menor taxa de juros para empréstimo consignado?

Um erro muito comum das pessoas é buscar o empréstimo apenas nos bancos em que as mesmas tenham contas. A praticidade e o desconhecimento acabam fazendo, na grande maioria destes casos, que o cliente acabe pagando taxas de juros mais altas do que outras instituições financeiras oferecem.

Por isso, é de extrema importância que seja feita uma pesquisa das taxas e condições nas diferentes instituições. Na modalidade de empréstimo consignado, boas opções de instituições são, bxblue, Banco Inter, Sicredi e Sicoob.

O que é a margem de um empréstimo consignado?

 A margem de um empréstimo consignado é o valor permitido por lei que possa ser utilizado na base salarial ou de aposentadoria, para concessão do crédito. Aqui no Brasil, pela Lei nº 10.820, a margem consignável é de 35%, sendo 5% para amortização de despesas contraídas por meio do cartão de crédito.

Para aposentados e pensionistas do INSS a base foi aumentada de 35% para 40% durante a pandemia do coronavírus. Esta mudança foi feita através da Medida Provisória 1.006/20, com validade até 31 de Dezembro de 2021. Após esse período, a margem volta para 35%.

Flex Crédito Consignado é confiável?

 Uma opção de empréstimo consignado é por meio da Flex Crédito Consignado. Trata-se de uma empresa que atua como correspondente bancário desde 2010 e oferece, crédito pessoal, cartão de crédito consignado e crédito em cheque.

Uma das grandes vantagens é o processo de contratação ser totalmente digital. Além disso, a aprovação é rápida, com um prazo de até 72 horas, e tem prazo de pagamento dos empréstimos em até 96 meses.

No crédito consignado, a empresa não realiza consulta aos SPC e ao Serasa, para aposentados, pensionistas, servidores públicos e militares.

A empresa possui convênio com a prefeitura de Jundiaí-SP, com o Governo Federal, com o Governo do Estado de São Paulo, com o INSS e com os Militares.

De maneira geral, para quem está buscando empréstimo e tem a opção do empréstimo consignado (por ser servidor público, CLT, aposentado ou pensionista), trata-se de uma linha de crédito bem interessante por conta das menores taxas de juros quando comparadas a outras linhas como empréstimo pessoal e cheque especial. Mas, como qualquer outro empréstimo, é muito importante ser feito um planejamento financeiro e a pesquisa das melhores condições.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário ou alguma experiência que você já teve com empréstimos consignados! Caso tenha alguma dúvida, fique à vontade para escrevê-la que teremos o prazer de responder para você!

Deixe sua pergunta

Perguntas e Respostas

Posso fazer um consignado com uma margem de R$ 20,90?

Uma margem de R$ 20,90 é um valor muito baixo para solicitar um empréstimo consignado, mesmo calculando um prazo máximo de financiamento de 84 ou 96 parcelas (depende que seja funcionário público ou beneficiário do INSS), já que daria um total de pouco mais de R$ 2000, deixando sua margem totalmente comprometida. Se já tiver outros empréstimos e mais de 30% do total estiver pago, sugere-se refinanciar a dívida com o mesmo banco, a fim de reduzir os juros e aumentar o prazo. Deverá fazer uma simulação online para que o banco analise a sua proposta. Analise muito bem as possibilidades, para não comprometer excessivamente seu orçamento.

E como calcular? O que é que entra e o que não entra nos cálculos?

A margem consignável representa a máxima quantia que pode ser descontada do salário de um funcionário público ou do benefício de aposentados e pensionistas do INSS para pagar prestações de empréstimos consignados. Este valor garante que o compromisso assumido ao contratar um empréstimo não comprometa seriamente o orçamento dos solicitantes. O desconto é efetuado em folha de pagamento ou diretamente é tirado do benefício, segundo o caso. Agora bem, a margem consignável, segundo a lei e até 31 de dezembro de 2021 será de 35% e 5% adicional, destinado exclusivamente para a utilização do cartão consignado. Para fazer o cálculo é necessário saber que os funcionários podem autorizar seus empregadores para estes realizarem descontos na folha. A contribuição previdenciária, o Imposto de Renda e o FGTS são obrigatórios, mas também existem outros descontos facultativos, entre os quais: plano de saúde, vale transporte, contribuição sindical, pensão alimentícia e empréstimos consignados dentre outras categorias. Cada empresa gerencia os créditos consignados e pode ter convênios com diferentes instituições bancárias, isto com valores de taxas e prestações específicos. Tem empresas que não incluem o plano de saúde na margem consignável, outras sim. Por esse motivo, apesar de se tratar de um cálculo simples (multiplicar o salário ou benefício líquido por 0,35), no momento de pedir um empréstimo, o funcionário deverá consultar o RH de sua empresa para conferir sua margem.

Tenho uma margem de R$ 1.634,17, quanto posso pegar emprestado?

A margem consignável indica o valor máximo que pode assumir mensalmente num empréstimo consignado, corresponde a 35% do seu beneficio ou salário depois de tirar os descontos. O prazo de financiamento deste tipo de crédito varia segundo se trate de beneficiários do INSS (neste caso são 84 meses) ou de servidores públicos (aqui o prazo se prolonga até 96 meses). Para sua margem consignável o valor que poderia solicitar seriam R$ 137.270,28 como beneficiário do INSS e R$ 156.880,32 como funcionário público. São valores importantes. Confira primeiro com a entidade financeira em que confia e avalie as possibilidades antes de se comprometer por tanto tempo.

Ganho R$ 3.200, com a margem de mais 5 % que o governo autorizou , consigo pegar mais quanto?

A margem de 5% autorizada pelo governo não aplica para solicitar empréstimo consignado, nem para funcionários públicos nem para beneficiários do INSS. Trata-se de uma porcentagem que estará disponível só para quem usa cartão de crédito consignado. Isto significa que quando faz compras com esse cartão, o valor mínimo da fatura correspondente (5%) se desconta do beneficio ou do contracheque. A quantia restante adiciona-se na próxima fatura. Além do mais, as taxas de juros no cartão consignado são menores que nos cartões tradicionais.

Tenho uma margem de $ 28. Posso fazer empréstimo até que quantia?

O prazo máximo de financiamento varia segundo seja beneficiário do INSS (84 meses) ou funcionário público (96 meses). Então, multiplicando o valor da sua margem consignável pelos prazos mencionados dá uma quantia de R$ 2.352 no primeiro caso e de R$ 2.688 no segundo. É necessário simular online o empréstimo para que a instituição financeira que escolheu avalie sua proposta e seu perfil.

Quem ganha R$ 1.200 de quanto é sua margem para empréstimo consignado INSS?

Segundo lei que vigora até 31 de dezembro de 2021, a margem consignável aplicável a empréstimos consignados para beneficiários do INSS e funcionários públicos é de 35%. Isso significa que 35% do seu beneficio (já sem os descontos, como recebe na sua conta) fica disponível para crédito. Neste caso, para um valor de R$ 1200, a margem consignável seria de R$ 420. Este valor representa o montante máximo que pode assumir sua parcela mensal. De qualquer jeito deverá fazer uma simulação online da sua proposta com a entidade financeira escolhida, para conferir aprovação e condições de financiamento.

Tenho um empréstimo consignado do qual faltam apenas 10 prestações de R$142. Quero fazer um refinanciamento.

Refinanciar uma dívida é renegociá-la no mesmo banco, fazendo com que o contrato volte ao prazo original. Começa então um novo contrato e é liberado mais dinheiro. Em média exige-se que entre 15% e 30% das prestações tenham sido quitadas para refinanciar um empréstimo, mas isso depende de cada entidade financeira. O máximo período de refinanciamento é de 84 meses para pensionistas e aposentados e de 96 meses para funcionários públicos. A operação leva 3 a 5 dias úteis. Para refinanciar deve ser feita uma simulação online a fim de que o banco analise a proposta. Como uma parte da quantia emprestada já foi paga, os juros são menores e o prazo mais prolongado.

Gostaria de saber se outros descontos em folha também entram dentro da margem de 30 por cento, tais como plano de saúde e refeição.

Até 31 de dezembro de 2021, a margem consignável será de 35% do salário e mais 5% para uso exclusivo do cartão consignado. Os empregados que desenvolvem suas atividades sob regime da CLT podem facultar a empresa em que trabalham para ela efetuar descontos na folha. Há descontos obrigatórios, como a contribuição previdenciária (INSS), o Imposto de Renda e o FGTS. Também existem descontos facultativos, como a contribuição sindical, o plano de saúde, o vale transporte, os convênios com outras firmas, a pensão alimentícia e os empréstimos consignados, entre outros. Cada empresa tem seu jeito de gerir os empréstimos consignados e além do mais pode acontecer que sejam assinados convênios com mais de um banco, com diferentes taxas e parcelas. Algumas empresas não consideram o plano de saúde dentro da margem de 35%. Na hora que um trabalhador for solicitar um crédito deve conhecer sua margem disponível e consultar com o RH da empresa, a fim de que a instituição financeira possa analisar seu perfil. Só após verificar sua situação o novo contrato poderá ser autorizado.

Tenho 5 % de margem, quanto posso emprestar?

Na verdade 5% de margem consignável é um valor muito baixo. Significa que já fez outro(s) empréstimo(s) e que ainda está fazendo o financiamento dele(s). A quantia que pode conseguir com essa porcentagem é reduzida, mas será a instituição financeira escolhida que determinará se há chances de um novo crédito e o valor dele, além das condições de financiamento. Uma opção, se precisar com urgência do dinheiro e se tiver um bom histórico de pagamentos, é refinanciar sua dívida, pois assim pode conseguir um novo prazo e menos juros, já que pagou uma parte do valor emprestado.

Vou fazer uma pergunta exemplificativa: eu já tenho empréstimo consignado, meu salário é de R$ 737,26 já desconta R$ 221,09 o restante da margem é de R$ 1,69. Eu ainda teria direito a tirar sobre esse valor? Obs.: o valor insignificante é só para simples exemplo.

A margem consignável de seu salário é o limite do valor que pode ser descontado dele ao mês para quitar prestações de empréstimos. É uma porcentagem e atualmente é de 35%. Isso quer dizer que multiplicando seu salário liquido (depois de tirar os descontos, ou seja, o salário que recebe na sua conta mensalmente) por 0,35 pode calcular a sua própria margem. Porém, é fundamental salientar que na hora de fazer um empréstimo a margem se reduz e se continuar fazendo empréstimos pode chegar ao limite de ter que pedir um refinanciamento para pagar todas as dívidas, com forte compromisso de seu orçamento. Então, o ideal é não solicitar mais de um empréstimo até ter quitado o anterior ou pelo menos, até não ter pagado mais de 50% da quantia total.

Quero saber, com margem de R$ 22,72 e se o salário for de R$ 290,00 eu sou pensionista.

A margem consignável de um benefício representa a máxima quantia que pode se descontar a cada mês de seu benefício, para pagar parcelas de empréstimo. Em 31 de março de 2021 foi estabelecida uma margem consignável de 40%, mas só 35% se podem descontar do benefício e a porcentagem restante é para emprego exclusivo no cartão de crédito consignado. Estes valores vão vigorar até 31 de dezembro de 2021. Para calcular a própria margem consignável só tem que multiplicar o valor do benefício líquido que cai na sua conta no banco por 0,35. Se o salário for de R$ 290 e não tiver outro crédito anterior, a margem consignável é de R$ 101,50. Quando uma instituição financeira aprova um empréstimo consignado leva em conta esta margem e seu perfil (histórico de pagamentos, etc.) e se tiver um crédito prévio, a margem se reduz. Deve planejar muito bem sua economia, para não tomar decisões que afetem seriamente seu orçamento no futuro. Analise as condições de financiamento a cada vez.

Com uma margem de R$ 79,57 quanto posso conseguir em um empréstimo consignado?

Segundo a instituição financeira consultada poderá encontrar financiamento de entre 72 e 120 parcelas (atenção, pois o último valor pertence no Estado de Mato Grosso). Então, com R$ 79,57 de margem consignável pode conseguir um empréstimo de entre R$ 5700 e R$. 9500. Deve contatar uma instituição financeira para conferir as condições de pagamento do empréstimo, se puder consulte várias e analise as propostas apresentadas. O ideal é não assumir tantas prestações que podem comprometer seu orçamento no futuro.

Se tenho uma margem de R$ 73,24, quanto consigo tirar de empréstimo?

Dependendo da instituição financeira escolhida, poderá encontrar financiamento de 72 até 120 parcelas (o último valor no Estado de Mato Grosso). Então, com R$ 73,24 de margem consignável, pode conseguir um empréstimo de entre R$ 5200 e R$ 8700. Contate uma instituição financeira para conferir as condições do empréstimo, se puder consulte várias e analise as propostas apresentadas. O ideal é não se comprometer com tantas prestações que podem comprometer seu orçamento no futuro.

Quando se faz um empréstimo consignado usando toda a margem consignável, quando poderemos ter nova margem?

Quando já usou toda a margem consignável, pode optar pelo refinanciamento do empréstimo consignado. Desse jeito pode conseguir um crédito a partir do empréstimo consignado atual sem se comprometer com uma nova prestação. Para refinanciar seu contrato deve ter pagado entre 15 % e 30% do total das parcelas. Esta situação permite que o solicitante refinancie seu contrato. Normalmente o titular do empréstimo continua pagando o mesmo montante por mês ou ainda menos, pois o contrato volta ao prazo original. O período máximo para quitar o refinanciamento é o mesmo do empréstimo consignado: 84 meses para os beneficiários do INSS e 96 meses para os funcionários públicos. Há regras específicas para os restantes convênios e as condições podem mudar de uma instituição financeira para outra. É importante fazer consultas e analisar as propostas. Não se esqueça de que quanto maior for o prazo, maior quantidade de dinheiro deverá usar para quitar sua dívida e seu orçamento ficará comprometido no futuro.

Com margem consignável de R$ 250 quanto posso pegar no consignado?

Neste momento, por causa da crise econômica provocada pela pandemia da covid-19, o panorama muda segundo a instituição financeira consultada. Porém, em média o número de parcelas vai de 72 até 120 (cuidado, que este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso). Com uma margem consignável de R$ 250 pode pegar entre R$ 18 mil e R$ 30 mil em um empréstimo consignado. Deverá entrar em contato com sua instituição financeira de confiança para conferir as condições de financiamento. Será melhor ainda consultar várias e analisar as propostas. Considere sempre que quanto maior for o prazo, mais comprometido estará seu orçamento no futuro, procure não usar toda a margem consignável.

Tenho uma margem consignável de R$34,72. Quanto consigo de empréstimo?

Dependendo da instituição financeira escolhida, as condições de pagamento do seu empréstimo consignado podem mudar. Atualmente, por causa da crise econômica provocada pela pandemia da covid-19, pode encontrar financiamento de 72 até 120 prestações (este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso). Com uma margem consignável de R$ 34,72 poderia obter um empréstimo de entre R$ 2500 e R$ 4100. Deve contatar uma instituição financeira para conferir as condições de financiamento e concretizar a operação.

Com um valor de margem consignável disponível de R$ 20,91 até quanto dinheiro posso pegar em empréstimo?

As diversas instituições financeiras oferecem variantes quanto ao número de parcelas e condições de financiamento, a quantidade de prestações vai de 72 até 120 (este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso). Então, para uma margem consignável de R$ 20,91 poderia conseguir um empréstimo de entre R$ 1500 e R$ 2500. Entre em contato com uma instituição financeira para conferir as condições de financiamento e concretizar a operação.

Minha margem disponível para empréstimo é de R$ 54,00. Quanto posso receber? Tenho 79 anos. Sou aposentado pelo INSS.

Como beneficiário do INSS pode ter acesso ao empréstimo consignado oferecido por diversas instituições financeiras. A Lei 10.820 estabelece as condições do empréstimo consignado e não se incluem diretivas em relação com a idade máxima para obter uma linha de crédito. Contudo, pode acontecer que alguma instituição financeira fixe um limite de idade para liberação do dinheiro e isso acontece por causa do risco operacional. Algumas instituições põem um limite de 80 anos e quanto mais idoso for o solicitante menor será o limite oferecido. O número de parcelas oferecidas também varia segundo a instituição financeira, entre 72 e 120 (este último valor, no Estado de Mato Grosso). Então, com uma margem de R$ 54 pode receber entre R$ 3.800 e R$ 6.400. Contate a sua instituição financeira de confiança para conferir as condições de financiamento.

Eu quero saber simular para ver se não sou enganada, não peço curso apenas quero saber fazer simulação antes de pedir um empréstimo.

Se for funcionária pública ou beneficiária do INSS, pode ter acesso a um empréstimo consignado, com parcelas que são descontadas por folha de pagamento ou do seu benefício. Neste momento há no mercado muitas diferenças quanto ao número de parcelas. Existem mudanças entre instituições financeiras e entre os Estados brasileiros também, de 72 a 120 parcelas (o último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso). Precisa saber qual é a sua margem consignável, ou seja, qual é o valor do seu salário que pode ser comprometido para um empréstimo consignado. Para isso deve considerar o montante que recebe mensalmente tirando os descontos e multiplicar esse valor por 0,35. O resultado lhe permitirá saber qual é o valor máximo da prestação que pode pagar, pois segundo a lei seu salário só pode ser afetado para pagamento de empréstimos em um valor que não ultrapasse 35% do total. Assim que obtiver sua margem consignável pode entrar contatar uma instituição financeira para conhecer suas opções de crédito.

Se recebo R$ 530 posso fazer um empréstimo consignado para pagar R$ 118 por mês?

Precisa saber primeiro qual é a sua margem consignável, ou seja, qual é o valor do seu salário que pode ser comprometido para um empréstimo consignado. Para isso deve considerar o montante que recebe mensalmente tirando os descontos e multiplicar esse valor por 0,35. O resultado lhe permitirá saber qual é o valor máximo da prestação que pode pagar, pois segundo a lei seu salário só pode ser afetado para pagamento de empréstimos em um valor que não ultrapasse 35% do total. Assim que obtiver sua margem consignável pode entrar em contato com uma instituição financeira para se informar sobre suas opções de credito.

Como fazer o cálculo da margem consignável? Tenho uma margem consignável de R$ 18.49, ela é uma margem boa.

A margem consignável afeta a possibilidade de contratação de um empréstimo, pois indica a capacidade de pago mensal do contratante. Deve-se salientar que o 13° salário, férias e outras remunerações temporárias ou auxílios do governo não servem para acrescentar a sua margem para um empréstimo consignado. Para calcular a margem consignável, deve usar como ponto de partida o valor do seu salário depois de tirar todos os descontos. Esse número é multiplicado por 0,35 e o resultado é a margem consignável para um empréstimo consignado, ou seja, que o valor da prestação mensal do empréstimo solicitado não pode ultrapassar o valor da margem consignável. Devido à crise econômica provocada pela covid-19, há no mercado muitas diferenças quanto ao número de parcelas para financiar um empréstimo consignado. Existem mudanças entre instituições financeiras e entre os Estados brasileiros também, de 72 a 120 parcelas (o último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso). Então, com uma margem consignável de R$ 18,49, poderia obter um empréstimo de entre R$ 1300 e R$ 2200. Entre em contato com a instituição financeira escolhida para conferir as condições de financiamento.

Para uma margem consignável de R$ 69,13 quanto dinheiro tenho direito a pegar em um empréstimo?

Deve se considerar que o financiamento muda de uma instituição financeira para outra, mas também há diferenças entre os Estados brasileiros e é por isso que encontramos um número mínimo de 72 e um máximo de 120 parcelas, este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso. Neste caso, com uma margem consignável de R$ 69,13 poderia obter uma quantia de entre R$ 5 mil e R$ 8 mil. Entre em contato com a instituição financeira escolhida para verificar os valores exatos e as condições de financiamento e analise atentamente as suas alternativas para não comprometer seu orçamento por um período tão prolongado. Poderia ser conveniente escolher o prazo de quitação mais breve, ou seja, o crédito por uma quantia menor.

Tenho uma margem consignável de R$ 86, sou pensionista. Gostaria de saber quanto dá para pegar em dinheiro.

O empréstimo consignado para os beneficiários do INSS estabelece um valor máximo de 35% da renda do solicitante, que não pode ser superado pelo valor de uma prestação. O financiamento muda de uma instituição financeira para outra e também há importantes diferenças entre os Estados brasileiros e é por isso que podemos encontrar um mínimo de 72 e um máximo de 120 parcelas, este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso. Considerando esses valores e com uma margem consignável de R$ 86 poderia obter uma quantia de entre R$ 6 mil e R$ 10 mil. Contate a instituição financeira escolhida para conferir os valores exatos, mas analise bem as suas alternativas para não comprometer seu orçamento por um período tão prolongado. Eventualmente pode ser conveniente escolher um prazo de quitação mais breve, ou seja, o empréstimo por uma quantia menor.

Quanto tempo demora para liberação de margem, quando se faz pagamento antecipado das parcelas e liquidação do empréstimo consignado?

O Código de Defesa do Consumidor garante a antecipação de pagamento de um empréstimo consignado em forma total ou parcial sem cobrança de nenhuma taxa adicional. O benefício direto é a notável redução da taxa de juros. No caso da antecipação parcial o consumidor adianta o pagamento de mais de uma prestação; já quando a quitação é total, além de descontar o valor dos juros, o contratante melhora seus antecedentes na instituição financeira e assegura a liberação da margem consignável para futuros empréstimos. Antes de fazer a quitação antecipada pode consultar em Defesa do Consumidor para fazer uma simulação do procedimento. Quando quiser concretizar a operação tem que contatar o agente financeiro responsável pelo contrato de empréstimo consignado e conferir o saldo em documento escrito. Dito documento deve indicar: número de contrato, saldo, histórico do saldo devedor, modalidade de empréstimo, taxa de juros anual, valor de cada prestação, prazo total, prazo restante e saldo com o desconto da taxa de juros. A seguir, deverá solicitar boleto para pagar ao agente financeiro. A partir desse momento as prestações deixam de ser descontadas da folha de pagamento, aposentadoria ou pensão. O procedimento dura em média de 3 a 5 dias úteis.

Para eu fazer um empréstimo de R$ 500 de quanto margem eu preciso?

A margem consignável do seu ordenado, aposentadoria ou pensão é de 35% do total de sua renda bruta, quer dizer, tirando os descontos. Esse é o valor mensal máximo que poderia pagar sem comprometer seu benefício. Outro elemento a considerar é o número de parcelas e ele varia muito. As diferentes instituições financeiras apresentam inúmeras propostas, mas também esse valor se modifica de um Estado para outro, com valores extremos de entre 72 e 120 parcelas (o último valor pertence ao Estado de Mato Grosso). Por isso, será necessário contatar uma instituição financeira para conferir sua situação e as possibilidades concretas de ter acesso a um empréstimo consignado.

Queria saber quanto eu posso fazer um empréstimo com minha margem consignável de 39,11.

A covid-19 vem mudando nossas vidas e aprofunda diariamente a crise econômica que faz com que mais pessoas solicitem empréstimos. O empréstimo consignado, exclusivo dos beneficiários do INSS, fixa um valor máximo de 35% da renda do solicitante, que não deve ser ultrapassado pelo valor de uma prestação. As condições de financiamento mudam de uma instituição financeira para outra e também há importantes diferenças entre os Estados brasileiros, motivo pelo qual podemos encontrar um mínimo de 72 e um máximo de 120 parcelas, este último valor corresponde ao Estado de Mato Grosso. Com base nesses prazos, poderia obter uma quantia de entre R$ 2.800 e R$ 4.800. Caso tenha um empréstimo prévio e se tiver pagado algumas parcelas, tem a possibilidade de refinanciar o seu empréstimo consignado. Desse jeito refinancia o seu contrato e ainda pode obter algo de dinheiro em uma única operação. Contate a instituição financeira escolhida para conferira os valores exatos, mas analise bem as suas alternativas para não comprometer seu orçamento no curto prazo.

Tenho uma margem consignável de R$ 1250,00. Qual seria o valor do empréstimo que posso conseguir e qual o número máximo de prestações?

A pandemia da covid-19 continua afetando profundamente a nossa vida cotidiana e a crise econômica tem provocado mudanças legais quanto ao financiamento dos empréstimos consignados dos beneficiários do INSS. Deve-se salientar que o número de parcelas depende da instituição financeira que libera o crédito, mas também do Estado. Por isso podemos falar de um mínimo de 72 parcelas e de um valor máximo de até 120, este último valor correspondente ao Estado de Mato Grosso. Considerando esses dois valores extremos, com sua margem consignável poderia obter um empréstimo de entre R$ 90 mil e R$ 150 mil. Entre em contato com a instituição financeira em que solicitou o empréstimo para conferir estes valores, mas analise bem as condições do empréstimo suas alternativas para não comprometer seu orçamento no curto prazo.

Tenho uma margem de R$ 40. Quanto consigo mais ou menos pegar de dinheiro emprestado?

O número de parcelas de um empréstimo consignado pode variar segundo a instituição financeira e também depende do Estado, a partir de 72 e pode chegar até 120, como no Estado de Mato Grosso. Estas modificações que facilitam o financiamento estão acontecendo por causa da pandemia, numa tentativa de aliviar a crise e reduzir as dificuldades financeiras. Considerando esse financiamento, poderia obter uma quantia de entre R$ 2.800 e R$ 8.600. Se já tiver um empréstimo em andamento e tiver pagado algumas parcelas, pode refinanciar o seu empréstimo consignado. Assim pode refinanciar o seu contrato e ainda obter algo de dinheiro em uma única operação. Entre em contato com a instituição financeira em que solicitou o empréstimo para confirmar os valores exatos, mas analise bem as suas alternativas para não comprometer seu orçamento no curto prazo.

Minha margem é de R$ 85,00. Qual o valor do empréstimo que posso conseguir?

O número total de parcelas de um empréstimo consignado pode variar entre 72 e 84, dependendo da instituição financeira. Considerando esse financiamento, poderia obter uma quantia de entre R$ 6.100 e R$ 6900. Se já tiver um empréstimo em andamento e tiver pagado algumas parcelas, pode refinanciar o seu empréstimo consignado. Assim pode refinanciar o seu contrato e ainda obter algo de dinheiro em uma única operação. Entre em contato com a instituição financeira em que solicitou o empréstimo para confirmar os valores exatos, mas analise bem as suas alternativas para não comprometer seu orçamento.

Como calcular a margem para consignado?

É muito importante salientar que o 13° salário, férias e outras remunerações temporárias ou auxílios do governo não servem para aumentar a sua margem para um empréstimo consignado. A margem consignável afeta diretamente a possibilidade de contratação de um empréstimo, pois indica a capacidade de pago mensal do contratante. Se o interessado tiver outro empréstimo prévio a margem consignável se reduz, já que o montante dos valores de todos os empréstimos não pode ultrapassar 35% dos ingressos mensais. Para calcular a margem consignável, deve usar como ponto de partida o valor recebido mensalmente depois de tirar todos os descontos. Esse número é multiplicado por 0,35 e o resultado é a margem consignável para um empréstimo consignado.

Tenho R$ 44 de margem, quanto posso pegar em dinheiro no consignado?

Dependendo da instituição financeira, o número de parcelas de um empréstimo consignado pode variar entre 72 e 84. Considerando esses valores, poderia obter uma quantia de entre R$ 3.100 e R$ 3600. Uma alternativa mais prática pode ser refinanciar o seu empréstimo consignado, sempre que tiver feito o pagamento de algumas prestações. Assim pode refinanciar o seu contrato e ainda obter algo de dinheiro em uma única operação. Contate a instituição financeira em que solicitou o empréstimo para confirmar os valores exatos, mas analise bem as suas alternativas para não se endividar além do seu orçamento.

Tenho 4 parcelas pagas de um empréstimo consignado quanto de margem eu tenho?

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito em que as prestações são descontadas em forma direta da folha de pagamento, aposentadoria ou pensão do solicitante. Contudo, há um limite para a quantia que pode ser solicitada, a margem consignável. No Brasil o valor é de até 35% da renda líquida total, com mais 5% acrescentados recentemente para despesas administrativas. Isso quer dizer que para calcular a margem consignável deve usar o valor que recebe mensalmente depois de tirar todos os descontos. Multiplique esse valor por 0,35 e o resultado será sua margem consignável. Se contratar um empréstimo por um valor menor, isso significa que pode haver a possibilidade de contratar um novo empréstimo, mesmo que o primeiro esteja ainda em andamento. Outra possibilidade é refinanciar o seu empréstimo consignado. Trata-se de uma maneira de conseguir crédito a partir do empréstimo atual, mas sem se comprometer com um novo empréstimo. O pagamento parcial das parcelas do empréstimo consignado permite ao interessado refinanciar o contrato e ainda sair com dinheiro no bolso. Para saber qual é a sua margem neste caso deve contatar a instituição financeira onde fez o empréstimo para fazer uma simulação com todos os seus dados.

Posso utilizar minha margem de 35% em empréstimo consignado ou não posso utilizar o 5% do cartão?

A margem consignável para os funcionários públicos, aposentados e pensionistas beneficiários do INSS, representa o maior valor que pode ser debitado como pagamento de uma prestação de um crédito consignado. No Brasil a lei estabelece que essa quantia alcance até 35% dos ingressos do solicitante do crédito, já seja que se trate de salário, aposentadoria ou pensão. Recentemente a lei ampliou a margem de contratação, acrescentando o valor de 35% para 40% até o final de 2021. Porém, o porcentual que foi acrescentado vai ser destinado à amortização das despesas de cartão de crédito e do uso do cartão para saques. Isto tornará mais acessíveis as taxas dos créditos, pois até agora estas despesas deviam ser consideradas dentro do valor de 35% consignável. Portanto, pode usar a sua margem de 35%. O valor de 5% restante serve para pagamento de despesas administrativas, não para maior quantia do empréstimo a solicitar.

Como calcular o valor a receber em empréstimo consignado (aposentado inss) com margem consignável de r$ 116,28 para 60 meses

O valor da margem consignável indica o valor disponível mensalmente para empréstimo consignado com desconto direto da sua aposentadoria. As taxas de juros e as condições do empréstimo podem mudar segundo a instituição financeira escolhida. Porém, esse valor daria aproximadamente R$ 6900 que poderiam ser solicitados como empréstimo. Certamente poderá ser um valor inferior, considerando as despesas de aprovação do crédito, mas esse é o valor aproximado, para parcelar em 60 vezes.

Sou pensionista e tenho 79 anos, com isso posso fazer empréstimo ainda?

A Lei 10.820 fixa as condições do empréstimo consignado e não se incluem diretivas a respeito da idade máxima para obter uma linha de crédito. Por isso não haveria impedimento para fazer um empréstimo com 79 anos de idade. Contudo, as condições dos empréstimos, taxas de juros e número de parcelas mudam de uma instituição financeira para outra e pode acontecer que possa ser fixado um limite de idade para liberação do dinheiro e isso acontece por causa do risco operacional. Algumas instituições põem um limite de 80 anos e quanto mais idoso for o solicitante menor será o limite oferecido.

Eu posso fazer empréstimo? Sou servidor aposentado do Estado de Minas.

Os servidores públicos aposentados beneficiários do INSS podem solicitar empréstimos consignados em diversas instituições bancárias. Segundo a lei o valor máximo que pode ser afetado com a parcela de seu empréstimo não pode ultrapassar 35% do valor total da sua aposentadoria. Há pouco tempo o valor foi aumentado e passou de 35% para 40% até dezembro de 2021. Porém, o porcentual que foi acrescentado é exclusivo para a amortização das despesas de cartão de crédito e do uso do cartão para saques. Deve analisar bem qual é sua margem consignável para prever o pagamento das parcelas segundo o empréstimo solicitado.

Gostaria de saber, quem tem 30 % de margem pode fazer empréstimo?

Até há pouco tempo a lei estabelecia que a margem para empréstimos consignados não podia ultrapassar 35% dos ingressos do solicitante. Recentemente essa margem foi ampliada passando de 35% para 40% até o final de 2021 para funcionários públicos ativos e inativos, pessoal das forças armadas, aposentados e pensionistas do INSS. Porém, o porcentual que foi acrescentado destina-se exclusivamente à amortização das despesas de cartão de crédito e do uso do cartão para saques. Isto fará com que as taxas dos créditos sejam mais acessíveis. Então, considerando o limite máximo da margem consignável do seu salário ou aposentadoria, estaria em condições de solicitar um empréstimo, pois não chega ao valor de 35%.

Com o aumento dos aposentados tenho uma margem consignável de R$ 34,76. Quanto posso obter de empréstimo?

Em média, os empréstimos consignados disponíveis para aposentados beneficiários do INSS oferecem taxas bem em conta e o número de parcelas vai de 72 a 84. Quer dizer, com uma margem consignável de R$ 34,76, poderia solicitar um empréstimo de entre R$2500 a R$ 3 mil. Deve considerar, porém que cada instituição financeira pode ter variantes no seu financiamento quanto ao número de prestações, juros e despesas de outorgamento do empréstimo. Além disso, deve avaliar também a sua capacidade de pagamento, para não correr riscos.

Se recebo o valor de 2.120 e tenho um consignado no valor de 674.00 ainda tenho margem

O valor conhecido como margem consignável representa a maior quantia que pode ser debitada como pagamento de uma prestação de um crédito consignado. No Brasil a lei estabelece que esse valor alcance até 35% dos ingressos do solicitante do crédito. Recentemente a lei ampliou essa margem de contratação, aumentando o valor de 35% para 40% até o final de 2021 para funcionários públicos ativos e inativos, pessoal das forças armadas, aposentados e pensionistas do INSS. Porém, o porcentual que foi acrescentado vai ser destinado à amortização das despesas de cartão de crédito e do uso do cartão para saques. Isto tornará mais acessíveis as taxas dos créditos. A margem consignável afeta a contratação de um crédito, pois representa a capacidade de pagamento do solicitante. Quando o interessado tiver outro empréstimo em andamento, a margem consignável se reduz, pois o total do valor dos empréstimos pode chegar ao limite máximo de 35%. Então, usando como base a quantia recebida a cada mês depois de fazer os descontos, deve multiplicar por 0,35. Neste caso, sua margem consignável total para um valor recebido de R$ 2120 é de R$ 742. Como já tem um consignado no valor de R$ 674, a margem restante é de apenas R$ 68. O ideal seria esperar para quitar o empréstimo atual antes de solicitar um novo.

Tenho margem de 900,00 reais, posso pegar um empréstimo de 75.000,00 mil? Sou funcionaria publica. Como saber a taxa de juros pra esse valor?

Se a senhora é funcionária pública, possui uma margem de R$ 900 e quer pegar um empréstimo consignado de R$ 75.000 vai ser complicado, pois se pegamos como referência o banco Inter, que possui uma taxa de juros de 1,30% a.m, dividindo o pagamento em 96 parcelas, fica para pagar ao mês R$ 1.599,59, por tanto, supera seu limite

Sou servidor publico municipal à 30 anos e minha margem consignavel é 1.100,00 reais , posso adquirir um empréstimo de 100 mil reais para pagar em 84 vezes ?

Se o senhor é servidor público municipal há 30 anos, tem uma margem consignável de R$ 1100 e quer adquirir um empréstimo de R$ 100 mil reais, não poderá fazê-lo, pois se divide o pagamento em 84 vezes, o valor das parcelas ficará em R$ 2.264 aproximadamente, o que quer dizer que supera o limite. Este cálculo é feito em base à taxa de juros do banco Inter e pode variar em outras entidades, mas o importe é muito parecido.

A margem de 40% será aprovada mesmo

Sim, a margem de 40% para os empréstimos consignados INSS foi aumentada no ano passado e, no mês de dezembro de 2020, o decreto foi prorrogado até o dia 1° de março de 2021. Esta medida foi considerada pelo governo a partir dos inconvenientes econômicos causados pela pandemia causada pelo Covid-19.

Eu sou aposentado e tenho, 4 empréstimo só que não atinge os 30 pôr cento, eu posso fazer um empréstimo dê $4,650 reais, pagando às parcelas em 84 vezes dê 112 pôr mês eu consigo fazer

Se o senhor é aposentado e tem 4 empréstimos, mas ainda não atingiu os 30% da margem disponível para a realização de consignados, pode fazer um empréstimo de R$ 4650 e pagá-lo em 84 vezes, mas o valor do crédito estará sujeito ao limite que está ficando e a quantidade de parcelas dependerá de sua idade.

Ganho um salário mínimo de aposentadoria quanto no consignado quero pegar 10 mil em 72 vezes quanto pagaria por mês

Se ganha um salário mínimo de aposentadoria, você poderá fazer um empréstimo de R$ 10.000 já que o valor das parcelas se encontra dentro da margem. Tomando como referência o Paraná Banco e sabendo que a taxa de juros máxima nesta entidade é de 1,80% a.m, pagará ao mês aproximadamente R$ 296,22.

Queria fazer um empréstimo de 12.500 pra pagar em 72 vezes

Pode fazer um empréstimo consignado no Paraná Banco, mas é possível escolher entre R$ 12000 e R$ 13000. Vamos simular o segundo valor, se você divide o pagamento em 72 vezes, pagará aproximadamente R$ 355,46. Lembre que os juros são variáveis dependendo do banco e do tipo de convênio pelo qual pede esse crédito.

Sou militar, tenho de margem R$ 63, posso fazer um empréstimo consignado?

Sim, porque você dispõe de margem consignável, embora seja desse valor. Para obter mais dinheiro, você tem que escolher o maior parcelamento proposto pelo banco. Em algumas instituições, você vai encontrar prazos de 96 meses. Se comparar os créditos em vários bancos, também poderá analisar qual tem a menor taxa de juros.

Tenho vários empréstimos. Em um deles falta um ano e poucos meses e não consigo renovar nem um. O que posso fazer?

A negativa no seu pedido de renovação de empréstimo consignado se pode dever a qualquer dos diversos fatores que o banco analisa antes da aprovação. Por exemplo, se você tem mais de 30% de sua renda comprometida para pagamento de créditos, já não será possível renovar nenhum de seus empréstimos. Você terá que continuar quitando algumas parcelas para depois solicitar novamente isso que precisa.

Quero saber quanto posso retirar com 420 de margem.

A margem que você pode destinar ao pagamento de uma prestação para o empréstimo consignado não é a única condição que determina o valor que cada cliente recebe. Esse monto pode aumentar ou diminuir, se o prazo for maior ou menor. Se considerarmos o máximo que se oferece no consignado, 96 meses, você pode pegar ao redor de R$ 30 mil ou mais.

Com uma margem de R$ 90.00, qual o valor que posso pegar?

Se sua margem mensal é desse valor, o limite que vai conseguir emprestado em um banco vai variar segundo o prazo de pagamento. Esse limite se calcula multiplicando a margem pelo número total de prestações mensal, por exemplo, 24, 48 ou 72. O resultado da operação será então o dinheiro que você vai pegar no banco.

Como posso fazer um consignado? Sou aposentada pela câmara municipal de Fortaleza.

Você tem direito ao empréstimo consignado porque é aposentada do INSS. Atualmente, são muitos os bancos que tem convênio com este órgão. Você pode consultar em várias instituições, posto que cada uma delas tem condições diferentes de contratação, no que se refere aos juros e prazos, e contratar a melhor proposta, já que não precisa receber o benefício nesse banco.

Com uma margem de R$ 300, quanto posso tirar?

Se você sabe qual é o valor que recebe todos os meses pelo empréstimo consignado, então poderá calcula aproximadamente sua margem consignável. De seu benefício líquido, você só poderá usar 30% para o desconto da parcela mensal. Esse valor é sua margem consignável, e se você multiplicar isso pelo número de prestações que pode contratar, então terá o limite de crédito disponível aproximado, já que também deverá levar em conta a taxa de juros.

Recebo 680 reais, posso fazer empréstimo, e de quanto?

Sim, você poderá fazer um empréstimo consignado. Para saber qual é sua margem, em primeiro lugar, tem que calcular 30% de sua renda ou benefício. A continuação, deve multiplicar esse valor pela quantidade de parcelas que deseja pagar. Os créditos consignados podem oferecer diferentes prazos de pagamento, segundo o banco onde você vai contratar. Normalmente, pode ir entre 48 e 96 meses. Não esqueça que a cada parcela tem que somar a taxa de juros.

Qual a margem máxima, 30% ou 35%?

Depende do banco. Muitos ampliaram sua margem para até 35%.

O IOF também é incluido nessa margem?

Não, a margem inclui somente os juros e o valor emprestado.

O consignado pode ser feito sem conta corrente?

Depende do banco, em alguns pode

Deja tu calificación sobre Como Calcular Margem para Empréstimo Consignado? - Simulação

Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online

© 2008 - 2021 oMelhorTrato.com® Todos os direitos reservados.