Cote e Compare os melhores Seguros de Carro

Poupe até 40% no seu seguro automóvel!

Como Faço a Transferência de Veículo no Paraná?

   A transferência de veículo deve ser feita sempre que houver alguma modificação. Seja por mudança de domicílio do proprietário ou por repasse do veículo de uma pessoa a outra, é obrigatório. Por isso, daremos algumas dicas para fazer a correta transferência do seu automóvel no Paraná, sobre o preço, os prazos, e algumas outras questões que podem tornar o procedimento um pouco mais fácil e ágil. Em qualquer caso, você deve saber que se não cumprir com as condições exigidas, pode se arriscar a pagar uma multa, pois será considerada falta grave. Além do mais, pode haver punições que incidirão diretamente sobre sua Carteira Nacional de Habilitação.

Como Funciona a Transferência de Veículos

   O Código de Trânsito Brasileiro é o responsável pela transferência, e os trâmites devem ser feitos na DETRAN, entregando aí todos os documentos que forem solicitados. Para que o procedimento seja realizado, você deverá pagar uma taxa e assinar alguns documentos. Se a transferência decorrer da compra de um veículo usado, você e o comprador devem assinar conjuntamente os documentos, que serão autenticados no cartório.

Há um Prazo para Realizar a Transferência de Veículos?

   Sim, existe um tempo que está estabelecido na lei para fazer a transferência. Você terá um limite máximo de até 30 dias para informar a transferência na DETRAN. Caso não o faça dentro desse limite, poderá ser multado por até R$ 195. Além do mais, como já foi mencionado, você pode sofrer consequências com desconto de pontos na sua Carteira de Habilitação. O prazo é válido para quem a transferência por compra de carro (transferência de proprietário) e para a transferência de domicílio.

Quanto É a Taxa de Transferência de Seguros no Paraná?

   Para você fazer a transferência do veículo de uma pessoa a outra, a taxa será de R$ 125 no estado do Paraná. A taxa é diferente de um estado para outro, inclusive em alguns estados, haverá taxas diferentes para carros com licenciamento ou sem, e também diferença no valor cobrado para carros mais antigos. Se você já tem um carro e quer mudar o domicílio, também tem que pagar a mesma taxa.

   O licenciamento e a vistoria são outras das cobranças que você deve levar em conta. Para saber o valor do seguro, você pode cotar online

Quem Tem que Pagar a Taxa?

   No caso de compra de um veículo usado, quem tem que pagar as despesas da transferência é o comprador. Cabe a ele a responsabilidade do pagamento da taxa. E, se houver, também da multa pelo atraso. Na transferência, quem recebe passa a ser o novo proprietário, e portanto contrai todas as responsabilidades sobre o veículo. É bom lembrar também que no caso de multa, será o novo comprador quem se responsabilizará por paga-la.  

Como Fazer a Transferência de Veículos no Paraná

   Para fazer a transferência, você terá que informar à DETRAN o procedimento em um prazo máximo de 30 dias. Primeiro, se você é o comprador deve ir até um cartório junto com o vendedor, para assinarem a transferência. Daí o pessoal competente comprova as assinaturas e lhe entrega uma cópia autenticada. Você leva essa cópia até a DETRAN e marca uma vistoria para o carro.

A Vistoria É Necessária?

   Sim, a vistoria é necessária a partir de 2014 em todos os casos. Antes dessa data, se você transferia um veículo no mesmo estado, não precisava passar pela vistoria. Mas hoje em dia é obrigatória. Lembre-se que a vistoria é a que determina que todos os papéis do veículo estão em ordem. Além do mais, a vistoria dá uma revisão geral ao carro, comprovando que faróis, lanternas e freios funcionem. Também confere que os vidros do veículo não estejam danificados.

O Carro Tem que Estar Quitado para Fazer a Transferência?

   O veículo não precisa estar quitado para fazer a transferência de um dono a outro. Será necessário simplesmente fazer a respectiva ressalva na autorização da transferência da propriedade. O veículo poderá ser transferido mesmo se estiver sendo financiado ou se estiver com dívidas de impostos. No primeiro caso, para carros que ainda não tenham sido totalmente quitados das parcelas de pagamento, no CRV deve se indicar que ainda estão alienados. Essa observação é feita no DETRAN. Se o carro também tiver uma dívida, ela deve igualmente constar no documento do comprador. O automóvel poderá ser transferido se estiver sob financiamento ou no modalidade de leasing.



Cote e Compare os melhores Seguros de Carro



   No outro caso, se o carro tiver algum outro tipo de encargo ou ônus, como taxas ou multas, será exigido a quitação das mesmas antes de transferir. Quando o procedimento de troca de propriedade começar a ser efetuado, os débitos do veículo serão pesquisados. Até não serem pagos, o veículo não poderá ser transferido.

Que Documentos Serão Exigidos para Transferir a Propriedade de um Carro no Paraná

   Para fazer a transferência, será necessário contar com o RG, CPF, CNH e comprovante de residência dos proprietários. Sobre o veículo, será solicitado o CRV e laudo de vistoria. Em outros casos especiais, podem ser exigidos documentos adicionais. No caso de transferência de bem de uma pessoa já falecida a outra, deverá ser apresentado também a cópia autenticada do Formal de Partilha ou um Alvará judicial.

Dá para Fazer a Transferência Online

   Atualmente o processo de transferência é bem mais simples, pois você pode fazer tudo online. No site do DETRAN, você pode baixar os documentos necessários, que são os mesmos que se exigem pessoalmente mas em sua versão digital. O primeiro é o CRVe, isto é, o Certificado de Registro de Veículo Eletrônico e o outro, a Autorização Eletrônica para Transferência do Veículo (ATPVe). Você tem que ter usar um Certificado Digital ICP Brasil e entrar no site do DETRAN.

Transferência de Veículo no Paraná

O Que É

Comunicação ao DETRAN da alteração

Como Funciona

Dar aviso ao DETRAN da mudança de dono do carro

Dicas

Pagar dentro do prazo estabelecido

Fazer o processo online

Conclusão

   O procedimento de transferência de veículo é obrigatório sempre que houver uma mudança, seja de domicílio do dono, seja de proprietário. A transferência deve ser feito no prazo exigido pela lei e com a cobrança de uma taxa especial para cada estado. No Paraná, será uma taxa fixa de R$ 125. Você pode fazer tudo online mediante um Certificado Digital ICP Brasil.

Vídeo

Deixe sua pergunta ou comentario

Mapa

Perguntas e Respostas

Comprei uma moto de são paulo posso fazer a transferência direto no detran não tendo carteira de habilitação categoria a
Sim , você pode fazer tranquilamente a transferência em seu nome sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ,a falta deste documento não impede fazer o trâmite pertinente no Detran de Paraná , porém quando tiver que dirigir a moto vai precisar o CHN obrigatoriamente já que é exigido por regulamentação .
Se o veículo estiver com o ipva parcelado posso transferir?
O parcelamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) permite a liberação do veículo para o trânsito, mas na hora de fazer uma transferência o Detran exige que se realize a quitação integral do parcelamento e que outros débitos também sejam quitados como multas pendentes assim como também o seguro obrigatório (DPVAT)
No caso de uma transferência do estado de são paulo para o paraná, qual valor da taxa a ser cobrado? Somente os r$125,00 msm?
O valor atual é de R$130,61 e corresponde à transferência de proprietário, isto é o preço por transferir o veículo de uma pessoa a outra, mas neste caso você deve considerar outras taxas como o emplacamento para as novas do Mercosul, devido a que precisa fazer troca de placas, também tem que acrescentar taxa de vistoria e licenciamento(no caso de corresponder)
Se o carro tem seguro, como faço?
O valor do seguro deve continuar sendo quitado pelo antigo proprietario.
Eu tinha ate dia 11.08.2019 para transfirir a minha moto so que a proprietaria tinha colocado a moto no nome da empresa e esqueceu de fazer o contrato autenticado dai não deu para transfirir vou ter que pagar multa so que fui no dia 09.08.2019 no detran
Efetivamente você terá que pagar multa por prazo vencido. Desde o momento da compra-venda tanto comprador quanto vendedor devem assinar documentação no cartório. O vendedor (da notificação de venda) e o comprador (notifica a compra) e por este motivo este último é responsável de fazer o trâmite de transferência em seu nome no prazo máximo de 30 dias.O melhor é fazer o processo o antes possível, pois no caso de você tiver algum acidente ou sinistro na moto quem fica prejudicado e responsável é sempre o titular do bem
Estou transferindo veículo de sp para curitiba. O ipva já está quitado em sp. Terei que pagar ipva deste mesmo ano no pr?
Se você já realizou o pagamento do IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores) deste ano em São Paulo, não terá que pagar novamente, mas se ainda não realizou o pagamento, deverá realizá-lo, pois para proceder à transferência, o DETRAN exige o pago do IPVA vencido e aquele pertencente ao ano em curso.
Posso pedir a transferência sem a cnh
Sim, você pode fazer transferência e registrar o veículo no seu nome já que não existe nenhum impedimento legal que proíba fazer isto, porém no momento de sair com o carro e dirigir, você deverá possuir obrigatoriamente a CNH (carteira nacional de habilitação) para não ter problemas perante a lei.
Em tempo de corona vírus que está tudo fechado mesmo assim voubterbque pagar multa. Meu carro venceu o prazo dia 4
Por razão de público conhecimento, o Detran-PA decidiu fechar as portas de seus estabelecimentos em todo o estado, mas não se preocupe pois estão suspensos por tempo indeterminado os prazos para a transferência de propriedade, quer dizer, você no levará multa e poderá realizar o trâmite quando tudo voltar à normalidade.
A transferência de uma localidade para outra é igual?
Sim, ela é feita sob as mesmas regras.
Posso ter um carro sem ter conhecimento
Se sua pergunta faz referência a possuir um carro sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), a resposta é sim, não é necessário possuir carteira de motorista para ter um veículo com seu nome. Se a pergunta é se alguém pode realizar uma transferência a seu nome sem sua autorização, a resposta é não pois para realizar a transferência precisam de sua assinatura e verificação no cartório e seu documento de identidade para iniciar o procedimento.
Qual o valor total pra transferência?
Depende principalmente de duas variáveis .Se você precisa fazer somente o procedimento de transferência de uma pessoa a outra (transferência de proprietário) o custo aproximado é de R$ 125 no Detran /PN. Se você além da mudança de nome tem que fazer mudança de domicílio (transferência de localidade) tem que considerar a trocar de placa, neste caso tem que somar taxa de emplacamento (R$ 221 aproximadamente.) Em ambos os casos deve acrescentar a vistoria que se cobra por separado e em média custa R$ 150
Como faço esse certificado?
Se você é a pessoa que compra o veículo e a quem o mesmo irá ser transferido, deve obter o novo CRV em seu nome. Para isso, o primeiro a fazer será levar o veículo para fazer uma transferência, e ir assinar o CRV do carro em um cartório. A parte que deve ser assinada e autenticada no cartório é o verso, onde consta a transferência de veículo.
Quantos dias leva p sair o documento em meu nome depois que faço a transferência?
Logo que você apresenta toda a documentação exigida pelo Detran do seu estado, tem que esperar, na maioria dos casos, um prazo estimado de 2 a 7 dias úteis para receber seu novo CRLV,Se você não receber nesse tempo tem que ir até o Detran onde fez o trâmite para verificar o motivo da demora.
Preciso agendar c o detran a transferência? Ou só chegar e fazer? Obrigado
Isso depende da unidade de atendimento de Detran PR onde você vai se dirigir, porque cada uma destas unidades possuem um sistema diferente. Algumas delas exigem um prévio agendamento onde vão marcar o dia e o horário para fazer a transferência e outras o atendimento é por ordem de chegada.
Eu posso fazer uma transferência de Curitiba lá em Foz de Iguaçu ?
Depende qual é o procedimento que você quer fazer. Se for uma mudança para a cidade de Curitiba, não vai dar para fazer em Foz do Iguaçu. A transferência deve ser feita sempre no mesmo município para o qual o carro é transferido e onde o proprietário tem seu domicílio. Já se é uma transferência de propriedade e cada parte assinar o contrato em dois cartórios diferentes, é possível sim.
A vistoria onde faz?
No DETRAN de seu Estado
Conta de telefone serve como comprovante de residência?
O departamento estadual de trânsito (Detran) considera válido como comprovante de residência os documentos de conta de telefone, luz, cobrança de plano de saúde, internet, TV a cabo ou documentos de instituições bancárias. É importante saber que esse comprovante de endereço não deve ter uma data maior de 90 dias para que seja considerado como válido.
Você tem que pagar novamente dpvat e ipva mesmo o veículo estando com tudo em dia
Para poder realizar uma transferência de propriedade é necessário que você tenha em dia o pagamento do IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores) que já está vencido e o imposto deste ano, o DPVAT e todas as multas também deverão ser quitadas. No caso que você tenha tudo em dia, poderá realizar a transferência.
Comprei um carro mais já está atrasado á transferência porque eu estou em londres
O prazo máximo para a transferência de um veículo é de 30 (trinta) dias, no caso que esse tempo já tenha passado, você deverá pagar uma multa administrativa, por ser considerada uma infração grave pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro), perdendo vários pontos na sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação).
Quanto custa transferência de veículo no Paraná?
O valor atual da taxa de transferência de propriedade no Paraná é de R$ 130,61. A emissão do CRV terá um custo de R$ 129,33. A vistoria, que é obrigatória, terá uma taxa de R$ 49,56. Por último, o expediente custa R$ 20,12. O custo total a considerar, portanto, será de R$ 329,62
Qual o valor da transferência de carro placa de cianorte para cascavel pr
Para começar, seu carro precisará realizar a troca de placas, tome cuidado, pois o valor da placa varia desde R$100 a R$300 dependendo do lugar, por isso, é melhor se informar antes de realizar o emplacamento. A esse valor, deve somar o custo da vistoria que é de R$49, 56, a transferência de propriedade tem um preço de R$130,61 e a emissão do CRV R$129,33.
Para fazer a vistoria de uma moto que vai ser transferida é obrigatório o dono do veículo levar o mesmo? Ou qualquer pessoa pode levar para vistoria tendo cnh?
Com certeza outra pessoa poderá fazer a vistoria em seu nome, porém você deverá habilitar uma autorização que contenha sua assinatura, você deverá fazer este documento conforme o modelo proposto pelo Detran do seu estado. Em conclusão ,outra pessoa poderá fazer a vistoria da sua moto sempre que possa comprovar com autorização firmada por você
Axo que os despachantes do paraná usa muitas vezes de ma fé cobrando absurdo cobraram a trasferencia de um gol 80 de sao paulo a cianorte paraná 1500 se nei multas o veiculo tem so a multa por atraso de transferência
O que você tem que pagar pelo atraso na transferência é de R$130 aproximadamente, mais a taxa de transferência é de R$ 130,61 e pela vistoria, você deveria ter que pagar de R$ 49,56. O que você pagou em total não se correspondem com esses valores, pode fazer a reclamação no Procon.
Tenho um carro de joinville pra transferir pra ctba posso ir direto ao detran e que taxas sou obrigado a pagar ?
Sim, o procedimento e transferência e o pago das taxas devem ser realizados no Detran pertencente ao estado onde você vai registrar o veículo. O valor em Paraná pela transferência é de R$ 130,61, também deverá realizar a vistoria o taxa é de R$ 49,56 e a troca de placa para a Mercosul.
No caso da transferência on-line, como será feita a vistoria?
O que você pode fazer de maneira online é dar entrada da documentação exigida pelo DETRAN, mas em formato digital. A vistoria continua sendo presencial pois é a única forma de verificar o estado geral do carro , nesta instância se inspeciona o veículo com a finalidade de determinar se está em condições de circular ou não, também se verifica se cumpre com as condições declarados nos documentos (chassi. quilometragem, etc), além de verificar boas condições do equipamento de segurança .
Porque aqui em Goioerê é 450 pra transferir?
Na verdade, o valor total para fazer a transferência da propriedade do veículo, segundo as informações atualizadas no site do DETRAN do Paraná, é de R$ 329,62: R$ 130 correspondem à transferência em si, R$ 129 para a emissão do novo Certificado de Registro do Veículo (CRV), R$ 49,56 para vistoria e R$ 20,12 para expediente.
Quanto custa transferencia de uma moto paraná. O despachante tá cobrando 450 . Tá bom?
Em primeiro lugar é importante saber se você só deve fazer transferência de proprietário , é dizer de dono. Neste caso você deverá pagar pela transferência de nome aproximadamente R$125, se além disso precisa trocar placa por mudança de estado ou cidade deverá acrescentar uma taxa de emplacamento (em média R$120). Por último, a inspeção é obrigatória, portanto também tem que somar R$100 da vistoria .O que você deveria consultar com seu despachante é se esse importe (R$450) inclui todas as taxas mencionadas acima ou se é unicamente o preço do seu serviço.

Deixe sua tu avaliação sobre Como Faço a Transferência de Veículo no Paraná?

(4,60) / 5 Avaliações

Avaliação: 5
Comentário: Obrigado por toda a informação, bem detallhada
Avaliação: 4
Comentário: Achei um bom artigo
Avaliação: 4
Comentário: A epxlicação foi clara
Avaliação: 5
Comentário: Claro e objetivo
Avaliação: 5
Comentário: Top. Tirou todas as duvidas

Cote e Compare os melhores Seguros de Carro