Cote e Compare os melhores Seguros de Carro

Poupe até 40% no seu seguro automóvel!

Passo a Passo e Taxas para Transferir seu Veículo em SP!

O Detran SP, assim como os demais Detrans estaduais tem certas liberdades para operar. No caso pontual da transferência de veículo em São Paulo ele estabelece as taxas pelo serviço e a forma de transferir. Atualmente é possível fazer a transferência de propriedade de forma on-line, existem alguns passos a mais do que na forma presencial, mas os requerimentos são os mesmos. Veja a seguir tudo o que você precisa para transferir um carro ou uma moto para seu nome sem depender de outra pessoa. 

Transferência de veículo: passo a passo Detran SP

Independentemente da forma em que será feita a transferência existem alguns passos que são obrigatórios: 

  • Corroborar que o veículo que será transferido está em dia e sem impedimentos: não deve impostos como o IPVA ou o seguro obrigatório DPVAT, nem tem multas ativas. Se o veículo tiver dívidas ou algum impedimento, o novo proprietário não poderá nem fazer o agendamento da vistoria. 
  • Fazer a vistoria veicular em uma empresa credenciada pelo Detran SP. O comprador pode fazer a vistoria em qualquer ECV, não importa que não seja da sua cidade, porque o Laudo que emite tem validade estadual por 60 dias. 
  • Pagamento das taxas, que pode ser feito no Detran ou nas agências bancárias.
  • Entrega do CRV (impresso em papel moeda) ou do ATPV-e com os dados do vendedor e do comprador e as assinaturas reconhecidas em cartório. 

Para quem faz a transferência presencialmente os passos são os seguintes:

  1. Agendar vistoria e horário no Detran ou Ciretran para entrega de documentos.
  2. Fazer a vistoria.
  3. Ir ao Detran: pagar taxas e entregar a documentação.
  4. Aguardar a entrega dos documentos.
  5. Se for o caso, fazer as placas novas. 

Veículos comprados a partir de janeiro de 2021 tem que fazer a transferência pela Internet, no site do Detran, os passos são os seguintes:

  1. Fazer o comunicado de vendas. Isto se faz no cartório, é o que permite a emissão do ATPV-e que será assinado pelo vendedor e pelo comprador e depois levado ao Detran. 
  2. Pagar as taxas de transferência ao Detran.
  3. Entregar ao Detran CRV e ATPV-e originais.
  4. Digitalizar a documentação solicitada, segundo a situação do veículo.
  5. Enviar a documentação digitalizada e solicitar a transferência de propriedade.
  6. Acompanhar o processo, no site do Detran, até obter os novos documentos. 
  7. Colocar as novas placas, se for necessário.

Reconhecimento de firma para transferência de veículo em SP

O reconhecimento de firma é fundamental no processo de transferência de propriedade de veículo. Vendedor e comprador podem escolher o cartório onde querem fazer o procedimento. Deve ser preenchido o verso do CRV, onde está o ATPV ou o ATPV-e com os dados do antigo e do novo proprietário.

Para apresentar os documentos assinados e reconhecido é importante lembrar que: 

  • No caso que esse reconhecimento de assinaturas for feito em outro estado o Detran SP requer reconhecimento de sinal público.
  • O documento do veículo também pode ser assinado por procurador, neste caso é necessário apresentar os documentos pessoais do procurador e a procuração com a descrição dos poderes especificados (procuração por instrumento público ou por instrumento particular). Se a transferência é on-line os documentos se enviam digitalmente. Caso contrário basta apresentar original e cópia da procuração. 

Quanto custa para fazer a transferência de um veículo em SP?

A taxa de transferência de veículo é determinada pelo Detran SP, porém não é o único gasto que tem o proprietário. Também é preciso pagar a vistoria e, se for preciso, pagar o emplacamento novo ou quitar as multas ativas que o veículo possui. 

O preço da vistoria é determinado pela ECV, assim como o preço das novas placas, que são determinados pela empresa emplacadora. Por isso, o proprietário pode escolher onde fazê-las. Na hora de pagar, o valor é entregue diretamente na oficina onde faz o serviço. 

Quanto às taxas específicas para fazer a transferência de propriedade, na mesma cidade ou em municípios diferentes, existem diferentes valores:

  • R$ 224 para veículos que já fizeram o licenciamento
  • R$ 323 para veículos que ainda não fizeram o licenciamento

Se o veículo é de outro estado, para fazer a transferência se paga uma taxa de R$ 356.

Transferência de veículo: quem paga?

Em geral, quem tem que fazer a transferência de propriedade é o comprador. Como consequência, o novo proprietário é quem deve fazer o pagamento das taxas, da vistoria e demais gastos. O papel do vendedor termina quando assina o verso do CRV ou o ATPV-e. Além disso, os documentos solicitados pelo Detran para fazer a transferência são os documentos do novo proprietário.

Multa por atraso de transferência de veículo em SP?

Sim! Caso o comprador demore mais de 30 dias, após o aviso de venda, ou a data do reconhecimento das assinaturas no cartório terá que pagar uma multa, além dos outros gastos. O valor da multa corresponde a uma infração grave, e está determinado por lei, atualmente o valor é de R$ 195,23.

É importante destacar que devido a situação atual ainda há um grande atraso nos processos, como consequência o Detran SP não cobra multa caso o agendamento para fazer a entrega dos documentos for feita após os 30 dias da venda do veículo. Mas, é preciso que o agendamento seja feito antes dos 30 dias da venda. Se não for o carro, será multado. 

Quanto tempo demora para receber o documento do veículo SP?

Atualmente o novo Certificado de Registro de Veículo (CRV) é digital, não se imprime mais em papel moeda, portanto não tem essa demora de 30 dias para o envio na casa do proprietário. 

Neste ponto é importante fazer o acompanhamento do processo por meio do portal do Detran, para verificar se está tudo bem. Algumas pessoas afirmam ter a transferência concluída em apenas 2 dias, outras em 10 ou 15 dias. 

Quando a transferência estiver pronta, você pode fazer o download do CRV, para imprimir ou deixar no seu celular, pelos seguintes meios:

  • Site do Detran SP
  • Site do Denatran
  • Aplicativo CDT (Carteira Digital de Trânsito)

No aplicativo somente está disponível o documento para pessoa física. Se o proprietário for pessoa jurídica deve optar pelas outras alternativas. É preciso ter por perto os números do CPF ou CNPJ, do RENAVAM e da placa do veículo.

Transferência de veículo de outro estado para SP: Como fazer?

Todo o descrito até aqui aplica para a transferência de veículos que têm registro em outro estado. Onde há diferenças, quando a transferência é de um veículo registrado em outra UF ou quando um veículo de São Paulo vai ser registrado em outro estado, é na solicitação de outros documentos e também outras taxas. Por exemplo, o fato do reconhecimento de sinal público para as assinaturas registradas em cartórios fora do estado.

Também é importante a vistoria, que deve ser feita por uma das empresas credenciadas pelo Detran SP, para contar com um laudo válido no estado. 

Documentos necessários para fazer a transferência de veículo em SP

Para qualquer transferência é preciso apresentar: 

  • Os documentos do proprietário: RG, CPF e um comprovante recente de domicílio. 
  • Os documentos do veículo: Laudo de vistoria aprovado, CRV impresso ou ATPV-e

No entanto, existem casos especiais para os que são requeridos outros documentos comprobatórios da situação atual do veículo. 

  • Quem faz o procedimento de forma on-line, precisa ter e, conta alguns detalhes sobre a digitalização dos documentos:
  • Escanear ou tirar foto deles
  • Para que sejam válidos devem ser escaneados ou fotografados os documentos originais e devem estar legíveis. 
  • Formatos aceitos: .pdf, .png, .jpg, .jpeg ou .gif 
  • Peso máximo de cada arquivo enviado: 1,2MB
  • Peso total dos documentos aceitos: 15MB

Veja a seguir os documentos que são solicitados em alguns casos especiais:

Transferência de veículo usado em São Paulo - SP

A transferência é feita justamente para que um carro passe de ser propriedade de uma pessoa a outra, em geral, a transferência é de veículos usados. Tudo o que foi dito até aqui aplica para operações de compra e venda entre pessoas físicas.

Porém, quando a venda é feita por uma revendedora ou uma concessionária, o comprador deve apresentar a nota fiscal da operação, digitalizada para a transferência on-line ou uma cópia para a transferência presencial. 

Cote e Compare os melhores Seguros de Carro

Deixe seu comentário sobre Minuto Seguros

Conte-nos sua experiência e como eles o trataram nesta empresa.

Por favor, escreva críticas construtivas para ajudar outras pessoas a escolher melhor. Comentários inapropriados não serão publicados.
...

Comentários sobre
Minuto Seguros

(29 comentários / 5.0 estrelas de 5)

See more

Deixe seu comentário sobre Compareemcasa.com.br

Conte-nos sua experiência e como eles o trataram nesta empresa.

Por favor, escreva críticas construtivas para ajudar outras pessoas a escolher melhor. Comentários inapropriados não serão publicados.
...

Comentários sobre
Compareemcasa.com.br

(42 comentários / 5.0 estrelas de 5)

See more

Transferência de veículo SP: de Pessoa Jurídica para Pessoa Física

Quando se faz a compra de um veículo que é propriedade de uma Pessoa Jurídica é necessário apresentar mais documentos e prestar atenção em alguns detalhes:

  • As assinaturas do CRV: no documento devem estar as assinaturas dos representantes legais ou do procurador.
  • Contrato social, para comprovar que os assinantes são os representantes do CNPJ (digitalizado, original ou cópia autenticada)
  • Caso a assinatura for de um procurador, devem ser apresentados seus documentos pessoais. 
  • Original da procuração, especificando os poderes repassados. 

Vale destacar que, se o veículo vier de outro estado e o vendedor for pessoa jurídica, se houver nota fiscal da venda, não precisa o sinal público no reconhecimento de assinaturas. 

Herança: transferência de veículo em SP 

Quando o proprietário de um veículo falecer, os herdeiros devem fazer um inventário ou espólio. Para poder fazer a transferência de um veículo neste estado é preciso apresentar ao Detran:

  • Formal de Partilha, caso for feito um inventário judicial ou a Certidão Pública de Partilha, caso for um inventário extrajudicial.
  • CRV em branco. anexado ao processo. Se não possuir uma declaração de perda ou extravio.
  • Para realizar o registro em nome de apenas um entre vários sucessores, é preciso uma carta de anuência ou de renúncia autorizando o registro, com as assinaturas reconhecidas dos herdeiros.

Também há casos onde o comprador fez a compra do veículo, mas não fez a transferência em tempo e o vendedor morreu. Neste caso, se há um comprovante da operação não haverá problemas, porém, se não tiver, é preciso aguardar o inventário e chegar a um acordo com os sucessores, porque legalmente o veículo é propriedade deles. 

Transferência de veículo com Leasing no Detran SP

É comum que durante os anos de financiamento de um veículo, o proprietário queira trocar de veículo, seja por outro modelo ou por um mais novo. Neste caso, além de encontrar um comprador que queira assumir as parcelas do financiamento, também é preciso da autorização da instituição financeira.

O mesmo acontece com um veículo com Leasing. Para este tipo de transferência, além dos documentos é preciso apresentar a procuração do banco digitalizada, para a transferência on-line ou uma cópia simples se for presencialmente ao Detran. 

Transferência de veículo de leilão SP 

Quando um veículo é comprado em um leilão e pode ser regularizado novamente (lembre-se que um veículo pode ser leiloado como “sucata” e em nesta condição não pode ser regularizado, apesar de que funcione) é preciso apresentar os seguintes documentos para fazer a transferência: 

  • Edital de arrematação
  • Nota fiscal ou comprovante de compra
  • Procuração

Todos devem ser apresentados na sua versão original em caso de fazer a transferência presencialmente ou digitalizados, de acordo com o caso. 

Leve em conta que, em geral, os leilões públicos incluem no preço de arrematação todas as dívidas que o veículo pode ter, mas isso nem sempre ocorre quando arremata alguma empresa privada. Por isso é muito importante, antes de comprar, verificar bem o estado do veículo e as condições de arrematação. 

Transferência de veículo SP - Placa Mercosul

Nem sempre é obrigatório fazer a troca de placas ao momento de fazer a transferência. É obrigatória a mudança quando na vistoria é indicado algum problema como danos, quando está ilegível, quando não corresponde o lacre ou não é uma placa refletiva, por exemplo. Qualquer outra situação, não enquadrada nesses itens não há obrigatoriedade de mudança, o proprietário troca se quiser. 

Sempre que não houver danos na placa o Detran SP permite que o veículo circule até o sucateamento sem precisar trocar a placa. O mesmo ocorre para placas no padrão Mercosul, se está bem conservada, é possível mantê-las

Transferência de veículo no Poupatempo - São Paulo

No Poupatempo é possível fazer inúmeras operações vinculadas ao estado. Porém, devido a situação atual, alguns procedimentos, que podem ser realizados de forma on-line deixaram de ser feitos no Poupatempo. Esse é o caso da transferência de propriedade. No Poupatempo só é possível entregar os documentos. A transferência deve ser feita de forma on-line. 

Laudo para transferência de veículo - SP Zona Sul

O laudo de transferência é o documento emitido pelas ECVs (Empresas Credenciadas de Vistoria). O Detran SP facilita uma lista para que os proprietários de veículos possam escolher uma empresa onde fazer a vistoria de acordo às suas possibilidades.

Na vistoria, um técnico avalia as condições do veículo, se estiver tudo em bom estado de conservação o laudo será emitido como aprovado e terá uma validade de 60 dias. Se não for aprovado o proprietário tem um prazo de até 30 dias para voltar a fazer a vistoria com as modificações necessárias para passar na vistoria. Passado esse período terá que pagar novamente as taxas de vistoria. 

Na zona sul de São Paulo algumas das ECVs são:

  • Power Vistoria Veicular, na Rua Epitácio Pessoa, n° 109, em Vila Tavares, Campo Limpo Paulista

  • Avancini Serviços de Vistorias Veicular Eireli, na Rua Antônio Pedro, n° 746, no Centro de Pedreira

  • Moreli Serviços de Vistoria Veicular, na Rua Barão de Ibitinga, n° 118, no Centro de Socorro

Vistoria para transferência de veículo na Zona Norte - SP

Algumas das empresas credenciadas para fazer a vistoria na Zona Norte de São Paulo são:

  • Humaitá Vistorias, na Rua Inocêncio Lazarim, n° 19, no Centro de Tremembé.

  • MS Vistoria Veicular Ltda - Me, na Rua Inocêncio Lazarino, n° 31, em Jardim Bom Jesus, Tremembé.

Vistoria para transferência de veículo - Zona Leste SP

Para fazer a vistoria do seu veículo você pode agendar em:

  • Qualicheck Vistorias Automotivas, na Avenida Campanella, n° 955, em Itaquera.
  • ECV Paulista Vistorias Automotivas, na Avenida Vicente Rao, n° 2268.
  • Sete Serviços de Vistorias, na Avenida General Ataliba Leonel, n° 2127, em Carandiru.

Mas, também há outras ECVs, basta você procurar com seus dados a mais próxima da sua casa. 

Transferência de veículo em Campinas

Como parte do estado de São Paulo, para fazer a transferência de propriedade de veículos é recomendável fazer a operação de forma on-line. No entanto, você pode ir ao Detran no Campinas Shopping na Rua Jacy T. Camargo, n° 940, bairro Jardim do Lago. O atendimento é de segunda à sexta de 8h a 18h e nos sábados de 8h a 13h.

Transferência de veículo em Taboão da Serra: onde ir?

Em Taboão da Serra você pode ir ao Detran SP que está na Estrada Kizaemon Takeuti, n° 2425, bairro Parque São Joaquim. A atenção ao público é de segundas à sábados, nos dias de semana de 8h a 18h e nos sábados somente até as 13h. Mas, lembre-se que é preciso fazer um agendamento prévio. 

Onde fazer a transferência de veículo Jacareí?

Em Jacareí, a sede do Detran SP fica na Praça dos Três Poderes, n° 8, no centro. A atenção nos dias de semana é das 8 da manhã até as 5 da tarde, e nos sábados até o meio dia. Atualmente, o atendimento também é feito só com agendamento. 

Transferência de veículo no mesmo município - Detran SP 

Os procedimentos descritos acima servem para fazer transferências dentro do estado de São Paulo, seja em uma mesma cidade ou entre municípios diferentes. No momento de fazer o procedimento de forma on-line, se o veículo está registrado na sua mesma cidade você irá fazer a “Transferência de Propriedade - Veículo Registrado no mesmo Município do Estado de São Paulo”. Caso contrário deve optar pela “Transferência de Propriedade - Veículo Registrado em outro Município do Estado de São Paulo”

Se você ainda tem algumas dúvidas para fazer a transferência de um veículo, pode deixar sua pergunta para que possamos ajudá-lo. 

Deixe sua pergunta

Mapa São Paulo

Perguntas e Respostas

Comprei um carro semi novo posso já posso transferir a gência tem que transferir em quanto tempo

Desde a compra do veículo, normalmente, você tem 30 dias para fazer a transferência ou pode levar multa, mas nesta situação de pandemia, esse prazo está suspenso já que o atendimento presencial de algumas unidades do Detran começaram a funcionar a partir do dia 19 de agosto de 2020 e outras ainda continuam fechadas.

Boa noite , aonde eu consigo pega e pagar essa taxa de transferência?

A taxa de transferência de propriedade pode ser recolhida desde qualquer banco credenciado pelo Detran de São Paulo, só precisa comparecer a uma agencia do Banco do Brasil, do Santander, do Mercantil do Brasil, do Bancoob, do Bradesco, entre outras, nesse mesmo lugar você faz o pagamento do valor correspondente com o número do CPF

Bom dia, por favor, onde emito a guia de transferencia de propriedade? O veiculo é do pr e quero transferi-lo para sp. No banco do brasil não emitem as guias de recolhimento, o detran sp não atende telefone, a impressão é que essa guia só pode ser gerada no detran ou via despachante? Muito obrigado

Para emitir a guia de transferência de propriedade para o primeiro registro no estado, deverá comparecer a uma agencia bancária, os boletos não são emitidos pelo Detran, então é necessário ir até o Banco do Brasil, o Itaú, o Santander entre outros que estão credenciados com o número do CPF ou do CNPJ do proprietário.

Que ano a vistoria em sao paulo se tornou obrigatoria. Para veiculo do mesmo estado?

A vistoria prévia para a venda e transferência de veículos usados é obrigatória não só no estado de São Paulo, senão também em todo o Brasil desde o ano 2018, disposto assim na Lei 3293/12, na qual o vendedor deve fazer entrega desse laudo junto com o CRV ao comprador.

Quero saber como faço pra pagar, aonde gero a guia para pagar a taxa de transferência, pois o site do detran de são paulo é muito ruim

Para realizar o pagamento da taxa de transferência, deverá fazê-lo por meio de alguma agência da rede bancária conveniada como, por exemplo, o Banco do Brasil ou o Mercantil do Brasil, entre outros, com o número do Renavam. É importante que você saiba que o Detran de São Paulo não emite guias de pagamento.

Olá, comprei um veículo no mês 10/2019 o documento que eu tenho é da antiga dona do veículo , está vencido ano de 2018! O ipva e licenciamento desse ano não foi pago ainda quanto vou pagar para realizar a transferência do veículo para o meu nome?

Para fazer a transferência de um veículo para seu nome não deve existir débitos pendentes, quer dizer, seguro obrigatório DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres), imposto IPVA, nem multas. Caso houvesse pendências, terão que ser quitadas, também deverá ser pago, além do custo do serviço pela transferência, o licenciamento correspondente.

Fiz a compra de um carro de minas gerais e vou transferir para o estado de sp , pago somente a taxa de transferência do estado de são paulo e licenciamento sendo que ele já está com ipva pago e não tem multas ou vou ter que pagar alguma outra taxa por ser de minas gerais

Se você vai realizar a transferência de um veículo de Minas Gerais para o estado de São Paulo e já tem todos os débitos quitados (IPVA, multas e DPVAT), deverá pagar pelo laudo de vistoria, a placa nova e a taxa pelo primeiro registro estadual que tem um custo de R$ 306,47.

Estou fazendo o procedimento online, como gero a taxa para pagamento?

O laudo de vistoria se paga diretamente na empresa credenciada onde se realiza o procedimento e o pagamento da taxa pelo custo do serviço no Detran se faz através do número de Renavam no Banco do Brasil, no Itaú, no Santander, no Bradesco, no Safra, no Bancoob ou no Mercantil do Brasil

eu comprei um veiculo em campinas e preciso fazer a transferencia para a cidade de mogi que é onde eu moro, como devo proceder?

Se você quer realizar uma transferência de um veículo que pertence a Campinas para a cidade de Mogi, primeiro deverá realizar a comunicação de venda no cartório, depois faça a vistoria (se o laudo for emitido por ECV, poderá realizá-la em qualquer dos dois municípios) e pague as taxas. A seguir, envie os documentos digitalizados ao Detran correspondente e em alguns dias receberá as indicações para retirar a documentação nova.

Quitei o carro que estava alienado. Quero saber se preciso pagat o ipva a vista srndo que na data da transferencia ja havia parcrlafo o mrsmo (ipva

Se bem todos os débitos da alienação estão quitados, é necessário o pagamento íntegro de outras taxas e débitos como o seguro, as multas e o IPVA completo, quer dizer que você só poderá transferir uma vez que realize o pagamento total de todas as parcelas ou cancelando à vista.

Constou no laudo reprovado por ter pneus dianteiros desgastados. Basta colocar pneus novos e fazer vistoria ou é necessário outro laudo?

Nessa situação, você deverá trocar os pneus dianteiros desgastados para uns que estejam em condições e levar novamente o carro ao Detran ou à ECV para realizar a vistoria e que emitam um novo laudo onde conste a aprovação, pois a falta dessa documentação vai impedir que você possa iniciar a transferência.

Posso usar cartão de crédito quando passo o carro no laudo? E qual é o valor?

Quando você inicia o processo de transferência, o Detran SP envia a você a uma empresa de referencia mais próxima para poder realizar a vistoria de um veículo, por tanto, o valor da vistoria pode variar dependendo do lugar, em média o valor está entre R$120 e R$180 e a forma de pagamento também vai depender da ECV.

Devido essa pandemia como vou fazer a vistoria e ir ao detran se encontra fechado e o carro vence o documento final de abril

Conforme à situação de emergência em saúde produzido pela pandemia covid-19 todos os estabelecimentos do Detran SP estarão fechados para atendimento presencial também foram suspensas todas as vistorias, incluso, aquelas que já estavam agendadas. Contudo entendendo que é uma situação particular e excepcional não haverá nenhum tipo de prejuízo já que poderá realizá-la após de finalizada a quarentena sem receber multas.

Quem não tem cnh pode transferir um veículo?

Pode sim, não existe inconveniente perante a lei para que você possa transferir um veículo no seu nome, o que está proibido é dirigir sem possuir a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Para poder realizar o processo de transferência, será necessário levar o RG ou o CPF para validar sua identidade

Posso fazer com despachante?

Sim, o despachante terá um custo extra.

Eu quero comprar um carro com apenas 3 anos e com licenciamento, tenho que fazer a vistoria?

Sim, a vistoria é obrigatória em qualquer caso.

E se o carro já tiver seguro?

O seguro deve fica por conta do antigo proprietário. Ele não é transferido junto com o carro e deverá ser quitado ou cancelado antes da venda do carro.

Deja tu calificación sobre Passo a Passo e Taxas para Transferir seu Veículo em SP!

Cote e Compare os melhores Seguros de Carro

© 2008 - 2021 oMelhorTrato.com® Todos os direitos reservados.