Cote e Compare os melhores Seguros de Carro

Poupe até 40% no seu seguro automóvel!

Transferência de Veículo: Como Fazer e Quanto Custa

   Toda vez que alguma alteração for feito no veículo, quanto ao registro, a transferência deve ser informada. Esse procedimento pode ser feito quando o condutor muda de domicílio ou quando o veículo é transferido de um proprietário para outro. Em ambos os casos, será necessário informar ao DETRAN com todos os documentos previstos. Para simplificar o procedimento, damos a seguir alguma informação sobre como fazer a transferência e quanto custa. Haverá vários passos a seguir, incluído o pagamento da taxa e a vistoria do veículo, obrigatória em todos os casos.

Passos a Seguir para Fazer a Transferência

   O processo de transferência consiste basicamente em informar ao DETRAN as alteração correspondentes, para obter assim os novos documentos ou documentos atualizados do veículo. No caso de ter mudado o endereço, o usuário deve registrar para continuar recebendo as contas a pagar. No caso de compra e venda do veículo, ambas as partes devem fazer a assinatura, cabendo ao novo proprietário informar e obter os documentos. Veja abaixo, de forma simplificada, quais são os passos a seguir:

  • No verso do Certificado de Registro de Veículo (CRV), deverá ser preenchido o formulário que indica a autorização para transferência.

  • Tanto comprador quanto o vendedor devem comparecer a um cartório para assinar o CRV com a autorização e obter uma cópia autenticada.

  • A cópia autenticada deve ser enviada ao DETRAN a fim de dar comunicação da venda do veículo

  • O proprietário novo solicita seu registro, dando entrada no DETRAN

  • Marca-se uma data e horário para realizar a vistoria do veículo

  • Por último, se já está tudo feito, só resta aguardar a emissão e o recebimento do novo CRV

Quanto Custa a Taxa de transferência

   A taxa de transferência tem um valor diferente para cada estado do país. Ao ser o DETRAN um órgão autárquico em cada jurisdição estadual, cada um deles tem a competência para estabelecer sua própria taxa. Veja abaixo quais são os valores em alguns estados:

- São Paulo: R$ 193,34 (com licenciamento) / R$ 278 (sem licenciamento)

- Rio de Janeiro: R$ 139,30

- Minas Gerais: R$ 159

- Bahia: R$ 171

- Distrito Federal: R$ 143

- Rio Grande do Sul: R$ 229 (veículos com até 15 ano) / R$ 195 (veículos com mais de 15 anos)

- Paraná: R$ 289

   Observe que em alguns estados, as taxas variam de acordo com o ano de fabricação do carro, se possuem ou não licenciamento, entre outras coisas. Além do mais, você deve considerar também que podem variar para diferentes tipos de veículos. Por último, sempre é necessário considerar a cobrança de outras instâncias como a da vistoria, assim como do seguro de carro. Para este último, você pode fazer uma cotação do seguro auto.

Quem Tem que Pagar a Taxa?

   Será sempre responsabilidade de quem recebe o veículo, do novo proprietário pagar a taxa. Assim como o pagamento da compra, do seguro e do licenciamento, a transferência é outra das despesas que devem ser consideradas ao fazer a transferência de veículo. No caso de transferência por domicílio, a taxa também deverá ser paga pelo dono do automóvel.

É Preciso Fazer a Vistoria para a Transferência?

   Sim, a vistoria do veículo é sempre obrigatória quando se faz uma transferência. Antes, não era necessária em todos os casos, mas a partir da lei, ela deve ser realizada para todos os casos de transferência. A vistoria tem como objetivo checar as condições gerais do carro, comprovar que ele está em bom estado de funcionamento, entre outras coisas. Veja alguns dos itens que são avaliados em uma vistoria:

  • Para-choques

  • Faróis, lanternas, retrorrefletores

  • Para-brisa, limpador de para-brisa

  • Velocímetro

  • Buzina

  • Freios

  • Extintor de incêndio

  • Chave de roda e chave de fenda

  • Entre outras coisas

Qual É o Prazo para Realizar a Transferência?



Cote e Compare os melhores Seguros de Carro



  Desde que você adquire o veículo ou desde que realiza a mudança, deve fazer a transferência em um prazo de 30 dias no máximo. O não cumprimento desse tempo é considerado uma falta grave e pode acarretar uma multa de R$ 194. Além do mais, você pode ter pontos na sua carteira de habilitação. Uma vez feito tudo, você recebe o novo documento em um prazo que vai de 5 a 7 dias.

Posso Fazer a Transferência Online?

   Hoje em dia, o trâmite da transferência é enormemente facilitado, pois você pode fazer tudo online. Isso implica não somente não ter que sair de casa, mas poupar muito tempo para que o procedimento fique concluído bem antes. Você deve ter o Certificado Digital ICP e acessar o site do DETRAN, com os documentos eletrônicos (CRVe e CRLVe)

Quais São os Documentos Requeridos

   A documentação requerida incluirá CPF, RG e os documentos do veículo. Veja quais são os documentos associados ao veículo:

- Carteira Nacional de Habilitação (CNH), também conhecida como carteira de motorista

- Laudo de vistoria (emitido pelo DETRAN) ou pela empresa que tenha a competência

- Certificado de Licenciamento Anual (CRLV)

- Certidão Negativa de Roubo ou Furto

- Comprovante de que o veículo está quitado, sem débitos

   Alguns documentos podem ser precisos para alguns casos em particular. Por exemplo, a Certidão Negativa de roubo ou furto só será requerida para os casos em que o veículo seja transferido de um estado para outro. Em alguns casos particulares, serão precisos também outros documentos específicos. Veja quais são e quando são solicitados:

- Certificado de Segurança Veicular, se o veículo tem sofrido algum tipo de alteração por adaptação ou qualquer outra que tenha modificado as características

- Comprovante de procedência e justificativa de propriedade de componentes, nos casos em que o veículo tenha tido alterações das caraterísticas de fábrica originais

- Autorização do Ministério das Relações Exteriores, quando o veículo for utilizado para usos públicos relacionados com missões diplomáticas ou algo ligado a consulados ou a outros organismos internacionais.

Tranferência de Veículo

O Que É

Procedimento para ter seu registro de veículo em regra

Como Funciona

Comunicação ao DETRAN a mudança de proprietário e/ou domicílio

Dicas

Se Cadastrar no Certificado Digital ICP e fazer tudo online

   Em conclusão, a transferência veicular é um procedimento previsto pela legislação para controlar toda mudança de veículos no Brasil, para manter os registros atualizados. O procedimento pode ser feito com documentos eletrônicos ou da forma tradicional. Cada estado tem uma taxa única para a realização da transferência, com um prazo estipulado para o seu pagamento.

Deixe sua pergunta ou comentario

Mapa

Perguntas e Respostas

Tem que ter feito o licenciamento?
Não é necessário, mas alguns estados, como São Paulo, podem cobrar mais pela taxa de transferência para veículos sem licenciamento.
Qual é o valor da vistoria?
A vistoria também tem um valor diferente para cada estado.
O seguro se transfere?
Não, pois a análise de risco deve ser calculada para cada condutor.

Deixe sua tu avaliação sobre Transferência de Veículo: Como Fazer e Quanto Custa

(4,33) / 3 Avaliações

Avaliação: 5
Comentário: Obrigado por esclarecer um pouco
Avaliação: 4
Comentário: Valeu por informar as taxas atuais.
Avaliação: 4
Comentário: Muito bom, agora é só levar os documentos

Cote e Compare os melhores Seguros de Carro