Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online

Créditos com a Menor Taxas de Juros do Brasil

O Que É o Crédito Rotativo? Como Funciona? Calcule Agora!

No dia a dia passamos por situações que exigem de nós uma resposta rápida, porém se falamos de dinheiro nem sempre contamos com ele no momento. Nessa situação fazer um crédito rotativo é uma das melhores opções, porque temos aprovado na nossa conta a liberação de um determinado valor, basta solicitar e temos o dinheiro na conta. Contudo, fazer um Crédito Rotativo também tem alguns inconvenientes. A seguir descrevemos as características deste empréstimo, como funciona o como você pode calcular seu crédito e avaliar a conveniência de fazê-lo ou não. 

O que é Crédito Rotativo?

Crédito Rotativo é uma modalidade de crédito que funciona como crédito de emergência, tanto para pessoa física como também para pessoa jurídica. Para obter um empréstimo desta modalidade você precisa fazer um contrato com a sua instituição bancária, para que se faça uma análise de crédito e se solicite a liberação de um valor que ficará sempre pré-aprovado para o uso. Existem diferentes aplicações desta modalidade, no Brasil as mais usadas são o Cheque Especial e o Cartão de Crédito. 

O Crédito Rotativo representa fonte de financiamento?

Sim, em qualquer uma das duas formas de uso do Crédito Rotativo ele representa uma fonte de financiamento. Isso porque permite ao tomador do crédito obter uma quantia de dinheiro de forma rápida e fácil para usar de acordo com sua necessidade ou cobrir o pagamento de uma dívida do seu cartão. Contudo, este tipo de empréstimo só é recomendado em situações de emergência, caso contrário existem opções com melhor condições. 

Para que serve o crédito rotativo?

Clientes com conta corrente em uma instituição bancária ou portadores de cartão de crédito podem dar muita utilidade ao Crédito Rotativo devido ao seu caráter de crédito emergencial. O que se recomenda é reservar uma percentagem do orçamento para guardar para situações de emergência ou para enfrentar inconvenientes que surgem no dia a dia. 

Porém, isso não é possível para todos, e nas situações de emergência devem buscar dinheiro com parentes, amigos, bancos, financeiras, etc. No entanto, quem conta com um Crédito Rotativo pré-aprovado na conta corrente ou um contrato de Crédito Rotativo pelo seu cartão de crédito pode simplesmente usar esta margem quando quiser e pagar de acordo com o estabelecido no contrato feito. Em geral, quando mais rápida é feita a quitação deste empréstimo menor é o custo da operação. 

Tanto a modalidade de Cheque Especial como a do Cartão de Crédito têm características específicas, prazos diferentes e custos variados dependendo do contrato. O que é igual nos dois tipos é o fato de que o cliente tem sempre essa margem disponível e somente paga os encargos em caso de usar o crédito. 

Como funciona o Crédito Rotativo?

O objetivo principal do Crédito Rotativo e oferecer aos clientes uma margem de crédito adicional a que eles possuem no caso do Cheque Especial, e financiar o pagamento do valor total da fatura no caso de que o cliente pague o mínimo do seu cartão de crédito. O funcionamento depende do tipo de utilização do Crédito Rotativo. 

No caso do uso para o cartão de crédito funciona da seguinte forma: se você paga somente o mínimo da fatura, automaticamente o Crédito Rotativo é liberado para cobrir o saldo restante da fatura. Esse Crédito Rotativo do Cartão de Crédito não tem data nem parcela de pagamento definida, porém está limitado a ser usado por um prazo de 30 dias.

A utilização do Crédito Rotativo, como Cheque Especial ou como no Cartão de Crédito, implica a cobrança de juros e encargos. Neste ponto é onde está a importância de ter cuidado com esta modalidade de crédito, porque é a mais cara que há no mercado. 

O Crédito Rotativo está limitado a 30 dias?

No caso do Crédito Rotativo do Cartão de Crédito sim está limitado a um prazo de até 30 dias. Isso porque esta modalidade, segundo a resolução 4549/17, somente pode ser mantido até o vencimento da fatura subsequente, o que ocorre em aproximadamente 30 dias. Após esse período, se o cliente não quitou a dívida da fatura (inclui o valor do saldo de crédito rotativo, as taxas de juros e os encargos), todo esse valor será cobrado na próxima fatura. 

Em outras palavras, na sua próxima fatura você será cobrado pelos seguintes valores

  • Saldo do Crédito Rotativo

  • Juros do Crédito Rotativo

  • Prestações de compras feitas 

  • Encargos das compras feitas no período. 

Além disso, se você tiver feito outros Créditos Rotativos anteriormente e estiver parcelando esse pagamento, as parcelas dessa financiação também aparecerão. Nesses casos, esta modalidade de empréstimo termina se transformando em uma bola de neve, por isso a insistência no fato de controlar o uso do cartão, para evitar grandes inconvenientes financeiros.

O que é Crédito Rotativo e crédito parcelado?

Quando você não faz o pagamento do Crédito Rotativo da fatura do seu cartão em tem tempo, o saldo devedor vem na próxima fatura, junto com as demais parcelas feitas. Levando em conta que as taxas de juros e demais encargos que formam o CET (Custo Efetivo Total) deste tipo de crédito são altas, provavelmente o valor da dívida do novo mês seja bastante alto, por esse motivo é possível fazer um parcelamento da fatura. 

A possibilidade de parcelar a fatura com o Crédito Rotativo vai depender do contrato que você tenha estabelecido com a instituição financeira que emitiu seu cartão. Você deve usar seu cartão com consciência e evitar cair no rotativo, para não se endividar. Porém, no momento da contratação do cartão é muito importante que você consulte e tire todas as dúvidas a respeito desta modalidade e a forma de financiação, afinal, nunca sabemos quando podemos ter uma emergência!

O que significa pagamento para rotativo?

O crédito rotativo deve ser pago, você pode pagá-lo junto com a próxima fatura, solicitar um parcelamento ou fazer outro tipo de empréstimo para fazer a quitação. Se for possível evite usar o rotativo, caso contrário avalie a possibilidade de fazer outro tipo de empréstimo com taxas menores para não pagar os juros tão altos do rotativo. Lembre-se que as instituições financeiras estão obrigadas a oferecer outros tipos de empréstimos a seus clientes, porém você pode solicitar crédito em outra instituição. 

Crédito Rotativo e Cheque Especial - Como funcionam?

Como já foi dito acima, o crédito rotativo é a modalidade usada no Cheque Especial. Primeiro, lembre-se que Cheque Especial não têm nada a ver com cheque, o Cheque Especial é um crédito pré-aprovado, que fica disponível na conta corrente do cliente e permite a ele realizar operações financeiras quando não têm dinheiro na sua conta. O valor utilizado é cobrado posteriormente acrescido em juros e outros encargos determinados previamente no contrato realizado entre o cliente e sua instituição financeira. 

O custo da operação é calculado em base ao dinheiro emprestado pelo banco e o prazo de utilização (quantidade de dias que o cliente demorou para quitar a dívida). Na medida em que o cliente devolve o dinheiro sua margem de crédito se restaura. Quer dizer, se sua margem de crédito é de R$ 1000 e você usou R$ 350, sua nova margem será de R$ 650, se devolve só R$ 100, a margem será de R$ 750 até quando você devolver o saldo restante, e depois a margem voltará a ser de R$ 1000. 

Novas regras do Crédito Rotativo? 

Em 2017 e 2018 o Conselho Monetário Nacional (CMN) determinou a implementação de novas regras a serem aplicadas pelas instituições financeiras para regular o uso do Crédito Rotativo, entre elas estão as disposições que estabelecem o prazo máximo de 30 para o uso do rotativo no cartão de crédito e a obrigação das instituições financeiras de oferecer outras opções de empréstimos para que o cliente financie sua dívida sem ter que pagar os altos custos desta modalidades, que podem ser maiores a 700% ao ano, dependendo da instituição.

Outra das mudanças foi o fato de que agora são as próprias instituições financeiras que determinam qual é o mínimo que o cliente deve pagar da fatura. Antigamente era 15%, agora o mínimo pode variar e, em geral, termina dependendo do perfil do cliente. Acompanhando essa medida está o fato da eliminação dos juros diferenciados como “não regular”, isto é, os juros maiores para aquelas pessoas que não pagavam o valor mínimo da factura hoje são os mesmos que quem pagou o mínimo estabelecido. 

O que é juros do Crédito Rotativo?

O rotativo, tanto como Cheque especial como no cartão de crédito, é um empréstimo. Todos os empréstimos cobram taxas de juros e encargos pelo risco que assumem na operação financeira. Nessa modalidade em particular, as taxas de juros são as maiores do mercado, podem chegar a mais de 700% ao ano. Você se imagina pagando 700 vezes mais o valor de uma dívida? O valor da taxa de juros do Crédito Rotativo é muito alto e por isso as instituições financeiras oferecem outros empréstimos para poder pagar essa dívida sem que o valor seja tão alto. 

Porém, você deve lembrar que esta modalidade de empréstimo está pensada para situações de emergência. Em outras palavras, o banco ou financeira disponibiliza uma determinada quantidade de dinheiro para que você use caso ocorra um inconveniente e no momento não tenha os recursos necessários. Um exemplo disso é o fato de alguns bancos oferecer 10 dias sem juros para o pago do Cheque Especial, isto é, se você usa o dinheiro disponível e devolve em até 10 dias não paga juros, mas se paga no 11° dia terá que pagar os juros de todo o período. 



Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online



Crédito Rotativo como calcular os juros?

No caso de que você não tenha conseguido pagar a totalidade do valor da fatura do seu cartão, terá que pagar o Crédito Rotativo, nesse caso é importante saber quando a mais pagará. Os itens considerados no próximo pagamento serão:

  • Saldo não pago do mês anterior

  • Multa por atraso

  • Juros de mora

  • Juros do rotativo

  • IOF da operação financeira

  • Dívidas parcelas para o mês atual

Para fazer esse cálculo você terá que conhecer os encargos gerados pelo atraso do pagamento. Por exemplo: se você pagou o mínimo da fatura e colocou por exemplo R$ 750 no Crédito Rotativo; supondo que a multa por atraso é de 2% a.m. e os juros por mora de 1% a.m. e os juros do rotativo é de 13% a.m.; somando esses valores o total será de R$ 870, dos quais R$ 750 é de dívida e R$ 120 de juros. Sobre o valor da dívida (os R$ 750) também deve ser acrescido o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) mensal e diário. O valor final da próxima fatura terá todos esses encargos más as parcelas que você tenha para esse mês. Se você não pagar esta dívida, no seguinte mês os encargos serão cobrados pelo valor dessa fatura, isto significa que os novos juros serão calculados sobre os juros anteriores (juros compostos).

Requisitos do Crédito Rotativo 

Como você viu até o momento o Crédito Rotativo está sempre disponível para que qualquer pessoa use, tanto no cartão de crédito como na forma de Cheque Especial. Então, para usar este crédito em uma situação emergencial, o único requerimento é ter um cartão de crédito ou uma conta em uma instituição bancária que ofereça este tipo de empréstimo. 

No entanto é importante levar em conta que no caso do Cheque Especial é preciso solicitar à instituição bancária a liberação dessa margem de empréstimo. Para isso o cliente deve e passar pelo processo de avaliação de perfil, como qualquer outro crédito. Na avaliação de perfil o banco analisa a situação financeira atual do cliente, seu histórico de pagamentos e sua capacidade de endividamento. Com os dados arrecadados a instituição financeira determina qual é a margem que pode disponibilizar ao cliente, sem assumir muitos riscos na operação. 

Fazer o Crédito Rotativo no banco?

Você não precisa ir até o banco para solicitar um Crédito Rotativo. De fato esta é uma das características deste tipo de empréstimo, ele fica sempre disponível na sua conta. No caso do Cheque Especial, depois de ter feito a solicitação a primeira vez, passado o processo de avaliação e assinado os documentos para a contratação deste tipo de serviço, você pode usar o rotativo quando precisar. 

No caso do rotativo do cartão de crédito, basta pagar menos do que indica a fatura do mês para “pegar” este empréstimo. Se você quiser parcelar sua dívida ou procurar uma forma de financiamento com melhores condições que a do rotativo do cartão de crédito, se seu banco ou financeira não oferece a possibilidade de fazer essa negociação de forma on-line, você sim terá que ir até sua agência e consultar, ou entrar em contato com outras instituições financeiras.

Crédito Rotativo: vale a pena fazer?

Tem vários motivos pelos quais é conveniente fazer um Crédito Rotativo, dependendo do tipo de rotativo que você solicite, têm as seguintes vantagens:

  • Não precisa de solicitação

  • Sem burocracia nem demora na liberação do dinheiro

  • São de curto prazo

  • Os valores de empréstimos são baixo, por tanto o cliente não tem um grande endividamento 

Contudo, é importante que você avalie sua situação particular. Usar todos os meses o Cheque Especial ou o rotativo do cartão não traz benefícios para suas finanças, ao contrário, somente gera mais gastos. 

Crédito Rotativo do JusBrasil?

A JusBrasil é uma empresa que não oferece crédito rotativo nem nenhuma outra espécie de empréstimo, somente assessoria no ámbito jurídico. Com eles você encontra informações legais a respeito de usos e resolução de conflitos de clientes com seus empréstimos ou outros serviços financeiros. Se você está com inconvenientes que não pode resolver com seu banco ou financeira e os órgãos de proteção ao consumidor também não dão respostas para sua situação, poderia aproveitar as indicações desta empresa. 

Crédito Rotativo hoje

Resumindo um pouco a informação:

Que é Crédito Rotativo?

Empréstimo Pessoal rápido e fácil de fazer, que fica sempre disponível para ser usado e com um curto prazo de financiamento

Usos do Crédito Rotativo

Na modalidade do Cheque especial e principalmente no cartão de crédito

Como funciona o Crédito Rotativo?  

No cartão de crédito, basta não fazer o pagamento completo da fatura de crédito

Hoje em dia o Crédito Rotativo no Brasil é uma forma muito usada de financiamento, em especial para fazer o pagamento do cartão de crédito. Situação que sem um bom planejamento pode dificultar muito as finanças do titular e causar grandes inconvenientes. 

Se você está precisando de dinheiro sempre é bom dedicar alguns minutos para realizar uma simulação de crédito e avaliar as possibilidades que estão disponíveis para você. Veja aqui no nosso site informações sobre os demais tipos de crédito, utilize o simulador de créditos e compare as opções para escolher a que melhor cabe no seu bolso.

Deixe sua pergunta ou comentario

Mapa

Perguntas e Respostas

Como sei qual é meu limite de Cheque Especial?
Essa informação o banco disponibiliza para você, veja no seu estrato ou acessando no Home Banking da sua instituição.
Se por segundo mês eu não pago o total da fatura o que acontece?
No mês seguinte verá no seu cartão um segundo crédito rotativo, com os juros calculados sobre o que você não paga neste mês
Tenho uma dívida muito alta no cartão, o que faço?
A melhor recomendação é procurar um empréstimo com taxas menores que as do rotativo para cancelar essa dívida e ficar com uma nova dívida porém com parcelas menores que cabem no seu bolso e com um CET fixo.

Deixe sua tu avaliação sobre O Que É o Crédito Rotativo? Como Funciona? Calcule Agora!

(4,67) / 3 Avaliações

Avaliação: 5
Comentário: Excelente informação!
Avaliação: 5
Comentário: Obrigado!
Avaliação: 4
Comentário: É, tive vários problemas com esse rotativo do cartão!!

Simulação dos 10 Melhores Emprestimos Pessoais Online